img_0642O motorista suspeito de atropelar e matar um jovem de 28 anos, no domingo (13), se apresentou acompanhado de um advogado na última quarta-feira (16) à Delegacia de Polícia Civil de Pimenta Bueno (RO), a cerca de 518 quilômetros de Porto Velho. De acordo com boletim de ocorrência, ele declarou que no momento da batida, pensou ter atropelado um animal e não parou para averiguar, pois o local era isolado.

De acordo com uma denúncia recebida pela Polícia Civil de Cacoal (RO), o veículo do suspeito teria feito uma ultrapassagem irregular e batido em algo às margens da rodovia e, logo após, saído em fuga do local. A testemunha que vinha logo atrás em outro veículo seguiu o motorista até conseguir anotar a placa do veículo. Com a notícia da morte do jovem, a testemunha entrou em contato com a polícia, contou o ocorrido e forneceu a placa do carro envolvido no acidente.

Antes mesmo que os agentes localizassem o motorista, ele se apresentou e relatou sua versão sobre os fatos. O homem contou à polícia que trafegava no local durante a noite e, ao passar pelo trecho que ocorreu o acidente, pensou que tivesse atropelado um boi. Entretanto, por ser um local isolado, ele ficou com receio de parar o carro e verificar o que havia ocorrido. Mesmo com as novas informações, o caso continua sendo investigado.

FONTE: G1

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.