img_0459Um homem de 32 anos foi preso pela Polícia Militar (PM) após agredir a esposa grávida e ainda colocar fogo na casa onde vive com a mulher, na tarde Da ultima quinta-feira (17), no Bairro Três Marias, em Porto Velho. Segundo a PM, o crime foi praticado devido ao suspeito estar sob efeito de entorpecentes. Ele foi preso enquanto fugia de moradores que queriam agredi-lo.

Conforme a PM, a guarnição foi até o local atender um chamado de violência doméstica. Aos policiais a vítima contou que estava em casa, quando o marido chegou muito agressivo. Ele estaria sob efeito de drogas e, após uma discussão, a gestante decidiu sair para ir até a casa da mãe, momento que foi seguida e atingida por um pedaço de madeira que foi jogado pelo marido. A vítima revidou e feriu o suspeito.

Neste momento, conforme o boletim, o homem voltou até a casa do casal para pegar um facão e uma faca tipo peixeira. Assustada a mulher se escondeu na casa de uma vizinha. O suspeito então foi até a casa da mãe da gestante e ameaçou o cunhado, perguntando sobre a mulher.

Após não obter respostas, o marido voltou para a residência onde vive o casal e ateou fogo no local. Os moradores da região ficaram revoltados com a situação e começaram a correr atrás do suspeito para agredirem o homem. Quando começou a fugir, pulando muros, o suspeito foi capturado pela PM.

Após ser retirada da casa da vizinha pelos policiais, a grávida foi encaminhada para maternidade e liberado pelo médico. A mulher apresentou inchaço e arranhões nos braços, segundo boletim.

Já o suspeito teve corte na testa e dedo e foi levado para Unidade de Pronto Atendimento. Logo depois o homem recebeu voz de prisão e foi levado para Central de Flagrantes , onde vai responder pelo crime de violência doméstica.

FONTE: G1

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.