Números foram apresentados durante audiência pública realizada na Câmara de Suzano na tarde desta terça-feira (29/05)

 Os números da saúde nos quatro primeiros meses de 2018 apontam que foram realizados mais de 1,7 milhão de atendimentos nas unidades da rede municipal, entre serviços de atenção básica, de média e de alta complexidade e hospitalares. Os dados foram apresentados durante audiência pública para prestação de contas referente ao primeiro quadrimestre de 2018, na tarde desta terça-feira (29/05), na Câmara de Suzano.

 Participaram do encontro o secretário municipal de Saúde, Luis Cláudio Rocha Guillaumon, o presidente do Legislativo, vereador Leandro Alves de Faria, os parlamentares Antonio Rafael Morgado, Gerice Rego Lione, Jaime Siunte, Neusa dos Santos Oliveira e Rogério Gomes do Nascimento, e o chefe da pasta de Meio Ambiente, Carlos Toshiharo Watanabe.

 A audiência segue às determinações da lei complementar nº 141/2002 e teve como objetivo apresentar a performance dos serviços e dos profissionais de saúde nos equipamentos públicos da rede municipal de saúde de janeiro a abril deste ano.

 No total, foram realizados 1.720.125 atendimentos nas 12 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), dez Unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESFs), Ambulatório de Especialidades, Ambulatório de Saúde Mental, Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), Vigilância em Saúde, Unidade Municipal de Fisioterapia, Ambulatório Municipal de Tuberculose, Pronto-Socorro Municipal (PS), Pronto Atendimento da Mulher (PAM), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Laboratório Municipal, Santa Casa de Misericórdia, Pronto Atendimento (PA) do distrito de Palmeiras, Serviço de Atendimento Especializado (SAE) e nas unidades de Centro de Atenção Psicossocial (Caps). Isso representa um aumento de 19,04% em relação ao mesmo período de 2016 e 5,9% na comparação com o primeiro quadrimestre do ano passado.

 Outros dados de relevância apresentados durante a audiência pública foram os 102 mil atendimentos de odontologia, 8,1 mil atendimentos de psicologia e os 21,8 mil acionamentos do Samu. No setor de Vigilância Epidemiológica, o destaque foi para as mais de 160 mil pessoas vacinadas contra a febre amarela.

 O chefe da pasta de Saúde também sanou dúvidas de vereadores sobre o trabalho da administração municipal para suprir a demanda de médicos especialistas, de exames e de cirurgias. Ele ainda explicou que está sendo elaborado junto à Fundação Vunesp o processo seletivo para a contratação de médicos, além da busca de parcerias com entes estaduais e federais para a realização de ações que zerem a fila de espera por cirurgias e exames.

 “Realizar ações continuadas na saúde não é apenas uma alegria, mas uma motivação para nossas vidas. Não trabalhamos sozinhos e cada integrante desta equipe é igualmente responsável pelos resultados que alcançamos”, concluiu Guillaumon.

Crédito das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano

VEJA TAMBÉM: 

http://suzanoagora.com/2018/05/31/concurso-publico-da-gcm-tera-participacao-de-1-935-concorrentes/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.