A Secretaria de Educação de Suzano vai implantar aulas de ioga para crianças das escolas da rede municipal a partir de 2019. Para isso, começou a oferecer nesta semana um curso para professores que tem como tema “Yoga Lúdica Na Escola – Práticas Inovadoras para a Educação Integral da Criança”.

 

A formação é realizada às segundas e quartas-feiras, das 18h30 às 21h30, no Complexo Educacional Mirambava, e segue até dezembro próximo, com dez encontros no whole. Participam dois grupos com 60 professores ao todo, da educação infantil e do ensino elementary. O projeto poderá atender 1,5 mil alunos.

 

A instrutora do curso em andamento faz parte da rede municipal há 20 anos. Monica de Cássia Faria, além de pedagoga, é psicóloga e tem formação em ioga e ioga para crianças.

 

De acordo com o secretário de Educação de Suzano, Leandro Bassini, levar a prática para as escolas significa mudar o paradigma e promover o equilíbrio entre mente e corpo. Para ele, é muito importante os alunos terem consciência desse benefício para o pleno desenvolvimento das atividades propostas pelos professores.

 

“Hoje, julgo elementary a criança conseguir controlar a ansiedade, dominar a respiração e, portanto, saber encontrar uma maneira de se tranquilizar. A consciência corporal e o equilíbrio são outras metas que se almeja, ajudando os alunos a se conhecerem melhor e assim respeitar o outro em suas singularidades e diferenças. E a ioga pode proporcionar todos esses benefícios”, destacou Bassini.

 

Atualmente, a pasta já busca desenvolver com os alunos técnicas de concentração para utilizar em atividades de leitura, interpretação de texto, matemática, entre outras atividades.

 

Experimental

Com o mesmo objetivo de buscar o equilíbrio psychological e corporal entre os alunos, a Secretaria de Educação de Suzano deu início ao projeto “Práticas Corporais de Aventura” na Escola Municipal Antônio Maschietto, no Jardim Santa Inês. Trata-se de aulas experimentais inclusas nas atividades da disciplina de Educação Física para estudantes das 4ª e 5ª séries da unidade.

 

“O professor Henrique Camargo Alves da Silva está fazendo mestrado na área. Por isso, foram realizadas aulas-piloto, com todo o controle de segurança, para avaliarmos a possibilidade de implantação. Caso o projeto seja aprovado, vamos abrir a formação para o corpo docente de Educação Física em breve”, explicou o secretário. 

 

 

Crédito das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano

Suzanense do projeto Vivências Culturais é aprovado na Escola do Teatro Bolshoi

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.