Polícia acredita que suspeito preso pode estar envolvido em outros furtos em Mogi. — Foto: Reprodução/TV Diário

Um homem foi preso em flagrante na manhã desta sexta-feira (8) sob suspeita de furtar uma casa em Mogi das Cruzes. Os moradores da residência estavam no trabalho no momento da invasão.

A polícia chegou até o suspeito após a vítima conseguir imagens de câmera de monitoramento dos vizinhos. No registro dá para ver que ele não agia sozinho e, antes de entrar na casa, verificava se a residência estava vazia.

Segundo o delegado Alexandre Batalha, a polícia já vinha monitorando alguns casos de furto a residência na cidade, envolvendo o mesmo carro utilizado no furto desta sexta.

“A própria vítima passou a divulgar nas redes sociais que havia um palio branco envolvido, e nós também tínhamos investigação envolvendo este veículo na cor branca. Conseguimos identificar o proprietário, onde foi realizada a prisão dele e recuperados os objetos”, diz o delegado.

Com o suspeito, a polícia recuperou dois celulares, notebooks, televisão, documentos, joias e R$ 360, estimados em R$ 10 mil.

Com a divulgação da identidade do suspeito, a polícia acredita que outras vítimas também possam aparecer. O delegado disse que segue na procura de um possível suspeito.

Quem tiver informação ou foi vítima de furto envolvendo um carro branco dessa forma, o delegado orienta a procurar uma delegacia em Mogi.

“Nós vamos analisar boletins de ocorrência também que envolvam este carro branco. A gente acredita que este não seja o primeiro crime dele, porque havia um notebook que estava na casa não pertencia à família que foi furtada na sexta”, diz o delegado.

Além disso, o suspeito tinha ainda uma caixa com equipamentos para a clonagem de cartão. “A gente acredita que essa quadrilha também trabalha com estelionato, porque encontramos um teclado de caixa eletrônico. A gente acredita que ela também pratica o crime de estelionato, substituindo este cartão por um verdadeiro para obter os dados bancários das vítimas”, disse.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.