Após massacre, esquadrão antibomba é acionado para checar artefato em escola municipal de Suzano

No mesmo dia do massacre com dez mortos em Suzano, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar esteve na Escola Municipal Professor Ruy Ferreira Guimarães, no bairro São Bernardino, em Suzano, por causa da suspeita de bomba na tarde desta quarta-feira (13), segundo a polícia.

Uma caixa foi deixada do lado de fora, perto do acesso à escola. Os policiais do Gate perceberam se tratar de um simulacro de explosivo.

O material foi encaminhado à delegacia, para registro do caso.

Deixe uma resposta