Golpista que lesou dezenas de pessoas em Mogi é preso em Jundiaí

0
842
  • https://www.viassd.com/power-banks?product_id=366472

Um homem com uma ficha extensa de crimes em Mogi das Cruzes foi preso em Jundiaí. Ele prometia facilidades para obtenção de cartas de créditos de consórcio.

Ele usava um RG falso e se apresentava muitas vezes como assessor parlamentar.

Só em Mogi das Cruzes foram 60 casos. O suspeito dizia que intermediava cartas de crédito para compra de imóveis, dizendo ser político e que teria cotas pra conseguir fechar a compra. Para isso ele cobrava de R$ 800 a R$ 3,5 mil.

Um vítima, que prefere não se identificar, afirma que pagou várias parcelas acreditando que iria conseguir uma carta de crédito de um apartamento no valor de R$ 170 mil. Ela chegou a dar R$ 3,2 mil para o golpista. “Ele falava muito bem e era muito extrovertido e inteligente. Na verdade a gente começou a desconfiar quando ele apontava pessoas para quem ele já tinha feito esse serviço e quando gente procurava, elas diziam que nada tinha dado certo.”

O golpista era procurado pela Justiça desde 2016. Ele foi condenado por estelionato porque na época aplicou um golpe em 20 vítimas. Agora esse número já chega em aproximadamente 300 pessoas.

O Setor de Investigações Gerais (SIG) de Mogi das Cruzes prendeu o homem em Jundiaí na semana passada.

Nas 33 páginas de antecedentes criminais do golpista constam 40 boletins de ocorrência, 24 indiciamentos de inquéritos policiais e 31 processos instaurados na Justiça. “Ele vendia o sonho da casa própria e usava um RG falso com a fotografia dele, mas com nome de Emanuel. Ele é um dos maiores estelionatários da Grande São Paulo”, afirma o delegado Eduardo Boigues.

Segundo a polícia a pena para estelionato é baixa. O homem deve cumprir 3 anos e 10 meses de prisão.

VEJA TAMBÉM: 

VEREADORES QUASE CHEGAM A VIAS DE FATO EM SEÇÃO PARLAMENTAR DE ITAQUAQUECETUBA

  • https://www.viassd.com/smartphones?product_id=366281

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta