Parceria com fundação dá início à formação de educadores em Suzano

0
456

A parceria entre a Prefeitura de Suzano e a Fundação Itaú Social para a realização da formação contínua de profissionais da rede municipal de ensino, por meio do programa “Melhoria na Educação”, começou a ser colocada em prática oficialmente nesta quarta-feira (10/03). Representantes do Instituto Avisa Lá se reuniram com integrantes da Secretaria Municipal de Educação para definir como será desenvolvido esse trabalho, que é gratuito. O acordo de cooperação foi assinado em São Paulo no dia 26 de fevereiro – inclusive com outros oito municípios – e terá duração até 2020.

 

Entre os presentes neste primeiro encontro, na sede da pasta, estavam o secretário de Educação de Suzano, Leandro Bassini, e a coordenadora de Implementação da Fundação Itaú Social, Sonia Dias. Na oportunidade, membros do Instituto Avisa Lá apresentaram um histórico sobre a entidade, que já atuou em mais de 300 municípios e edita uma revista sobre o tema, e a proposta de como será desempenhada a formação contínua. A previsão é de que a iniciativa beneficie cerca de 150 profissionais que trabalham na educação infantil, atendendo crianças de 4 a 6 anos.

 

“O foco é a formação de equipes da Secretaria de Educação de Suzano e das escolas municipais envolvidas para atuarem no fortalecimento da aprendizagem das crianças, não apenas a alfabetização, mas o desenvolvimento delas como um todo”, explicou a coordenadora Sônia. Ela contou que cada cidade beneficiada por esse projeto piloto terá uma entidade responsável para desenvolver o trabalho e que a Fundação Itaú Social escolheu o Instituto Avisa Lá para Suzano. “É uma instituição com 33 anos de atuação na educação infantil e é mais do que indicada para a finalidade”, disse.

 

O programa consiste em um dispositivo complexo e integrado de formação continuada de práticas sociais de oralidade, leitura e escrita para as três frentes do setor: equipe técnica, coordenador/diretor e professor. Entres as principais atividades a serem desenvolvidas estão o ciclo de formação direta no município, com encontros de formação, realização da “Hora de Trabalho Pedagógico Coletivo” (HTPC), visitas a escolas e supervisão de equipe técnica em reuniões on-line; seminário de partilha e de devolutiva; cursos à distância; e produção de material a partir da formação local.

 

O secretário Bassini destacou que a realização do programa foi motivada pelo interesse do município e também pela prospecção da Fundação Itaú Social de definir os locais ideais para concretizar esse projeto pioneiro de desenvolvimento, implementação e compartilhamento de tecnologias sociais para conseguir a melhoria da educação pública. “É uma iniciativa que vem ao encontro do nosso desejo constante de proporcionar formação aos profissionais. Sem dúvida, vai agregar bastante no aprendizado dos nossos alunos”, comentou o chefe da pasta.

 

 

Crédito das fotos: Mauricio Sordili/Secop Suzano

 

Deixe uma resposta