Ouvidoria de Mogi cria aplicativo para morador registrar reclamações pelo celular

0
420

A Prefeitura de Mogi das Cruzesapresentou nesta quinta-feira (18) um aplicativo que permite os moradores da cidade a registrarem reclamações na Ouvidoria Municipal por meio do celular.

A tecnologia oferece a possibilidade de registrar a demanda e acompanhar o andamento. Quando o pedido é solucionado, a pessoa recebe uma notificação e ainda pode analisar como foi a qualidade do atendimento.

O aplicativo chamado eOuve receberá o novo nome de Ouvidoria Mogi das Cruzes e já está disponível para os dispositivos Android e pode ser baixado na Play Store. Futuramente, o sistema também poderá ser utilizado por celulares Apple.

Concebido pela empresa WebNets, é usado por cerca de 70 prefeituras e possui fácil operação. Nele, os cidadãos podem indicar os problemas verificados nas ruas como buracos, lâmpadas queimadas, terrenos que precisam de limpeza, entre outros diretamente para a Ouvidoria Municipal, dando início ao processo de triagem e encaminhamento de soluções.

O prefeito em exercício Juliano Abe acredita que o aplicativo responderá um desafio central que a Prefeitura possui na área de zeladoria: receber as demandas da população o mais rápido possível.

“Ao ser informada sobre um problema com dados precisos, a Administração Municipal tem condições de fazer a triagem e determinar soluções igualmente rápidas, que efetivamente cheguem às ruas, satisfazendo os cidadãos”, disse.

O ouvidor e chefe de gabinete, Romildo Campello, lembrou que a Ouvidoria mogiana funciona essencialmente como um canal de entrada de solicitação de serviços. Essa realidade exige a adoção de soluções por parte da Prefeitura, e, por outro lado, também permite a formação de um Banco de Dados sobre as demandas e carências do município – que pode ser utilizado como uma valiosa ferramenta de planejamento.

“Como este aplicativo, vamos melhorar a gestão da informação, com o objetivo de agilizar sempre o tempo de resposta e a qualidade do atendimento ao cidade”, observou.

Deixe uma resposta