Um homem foi preso após ser abordado com 469 kg de maconha em um posto de combustível próximo a Miracatu, no interior de São Paulo. A ação aconteceu durante um patrulhamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Civil de Registro. O suspeito transportava a carga em um carro roubado, cujo emplacamento havia sido adulterado.

De acordo com a PRF, o flagrante aconteceu por volta das 11h45 da última terça-feira (30), no estacionamento de um posto de combustível localizado no Km 393 da rodovia BR-116, a Régis Bittencourt.

Durante a patrulha, os agentes suspeitaram de um veículo cujo emplacamento apresentava um lacre diferente do esperado. Os policiais encontraram as chaves do veículo com o suspeito, um homem de 20 anos da cidade de Medianeira, no Paraná.

O suspeito negou ser proprietário do carro, mas confessou que estava com o veículo após os agentes conseguirem abrir o veículo com as chaves que estavam na posse do homem. No interior do carro, a PRF e a Polícia Civil encontraram 469 kg de maconha, embalada em tabletes, escondidos na parte traseira do veículo. Os bancos traseiros foram retirados para acomodar a droga.

O jovem confessou que o posto era o local de entrega dos entorpecentes, trazidos da cidade de Irati, também no Paraná. Uma pesquisa realizada pelos agentes revelou que o veículo utilizado para o transporte das drogas havia sido roubado no dia 15 de fevereiro em Foz do Iguaçu (PR).

O homem foi preso e levado para a Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes (Dise) de Registro, junto com a droga apreendida e o carro roubado. O suspeito foi indiciado pelos crimes de tráfico de drogas, receptação de veículo e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Ainda segundo a PRF, ele foi conduzido à Cadeia Pública e, pela soma dos crimes, pode ser condenado a até 30 anos de prisão.

Deixe uma resposta