‘Mostra brasileiros’ do fotógrafo Araquém Alcântara é destaque da agenda de maio

0
342

Após um período em Paraty (RJ), exposição chega a Suzano, primeira cidade do Estado de São Paulo a recebê-la

“Poemas Visuais”. É desta forma que o fotógrafo pioneiro na documentação ambiental do Brasil Araquém Alcântara define o trabalho que executa há 50 anos. Na próxima quinta-feira (16/05), a “Mostra Brasileiros”, com mais de 15 fotografias, chega a Suzano com abertura e presença do artista no Cineteatro Wilma Bentivegna (rua Paraná, 70 – Centro), às 19 horas, com entrada gratuita.

Destaque da agenda cultural de maio, a exposição foi apresentada em Paraty (RJ) em 2018, tendo um grande sucesso de crítica popular e de especialistas do segmento fotográfico. Suzano é a primeira cidade do Estado de São Paulo a recebê-la. A mostra ficará disponível para visitação até 2 de junho na praça João Pessoa, no centro da cidade.

Além disso, a agenda cultural traz também a abertura da exposição “Subjetivo Humano Coletivo”, dos artistas plásticos Ale140 e Ivan Magalhães, que acontece já nesta sexta-feira (10/05) a partir das 19 horas, no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi (rua Benjamin Constant, 682 – Centro) e segue para visitação até 31 de maio. A proposta da dupla é trazer reflexões subjetivas por meio de representações com uma estética provocadora. Com experiência em muralismos, eles utilizam referências da arte urbana, graffiti e street art.

Na próxima quarta-feira (15/05), das 19 às 22 horas, um laboratório de atuação no cinema será apresentado pela atriz, diretora e preparadora corporal Vanise Carneiro. O projeto é uma parceria entre o Museu da Imagem e Som (MIS) e a Secretaria de Cultura de Suzano. Para participar, os interessados devem entrar em contato pelo telefone (11) 4747-4180.

Teatro

No dia 17 (sexta-feira), às 19 horas, o monólogo “Meia-Meia” será apresentado no Teatro Municipal Dr. Armando de Ré (rua General Francisco Glicério, 1.354 – Centro). A montagem conta a história de um anão e seu amor pela guerra e como, atrelado completamente a seu punhal, conduz à desolação a família real, seus aliados e toda a gentalha do reino. A peça é livremente inspirada no romance “O anão”, do escritor sueco Pär Lagerkvist, vencedor do Prêmio Nobel de Literatura em 1951, e conta com a direção de Georgette Fadel e o ator Luis Mármora no elenco.

Música

Em 18 de maio (sábado), a segunda edição do evento “Rock na Boa” ocorrerá no Centro Cultural Colorado Monteiro Lobato (rua Domingos Victorino, 68 – Jardim Cacique), das 15 às 21 horas. No dia seguinte (19/05), o projeto “Cultura Presente” trará o artista suzanense Aleister Borges, no Parque Max Feffer (avenida Senador Roberto Simonsen, 90 – Jardim Imperador), às 13 horas, com o melhor do pop nacional e internacional.

Para encerrar o mês de maio, o coletivo “Sambas da Vida” fará uma apresentação em homenagem à sambista Beth Carvalho, que faleceu neste mês, no Centro Cultural Monteiro Lobato, a partir das 13 horas, com entrada gratuita.

Crédito das fotos: Irineu Junior/Secop Suzano, Wanderley Costa/Secop Suzano e Divulgação/Secop Suzano

Deixe uma resposta