Uma mulher, de 57 anos, foi detida em flagrante ao tentar entrar com um microcelular escondido na vagina na Penitenciária 2 de São Vicente, no litoral de São Paulo.

O caso aconteceu durante o período de visitas aos detidos do último domingo (26). A suspeita, mãe de um dos penitenciários, passou por uma revista de escaneamento corporal, momento em que os agentes perceberam o objeto estranho na região pélvica da mulher.

A mulher confessou portar o aparelho, que estava de um invólucro com um microtelefone móvel, destinado ao seu filho. O objeto foi apreendido pelas equipes da unidade prisional e a mãe foi suspensa da lista de visitantes da SAP.

A visitante foi detida em flagrante e encaminhada à Delegacia Sede de Polícia de São Vicente, onde a ocorrência foi registrada. A direção da Penitenciária 2 enviou o caso à Vara de Execuções Criminais e irá instaurar um Procedimento Disciplinar Apuratório para investigar o crime.

Deixe uma resposta