Um grupo foi assaltado em Guarujá, no litoral de São Paulo, por dois criminosos que utilizavam máquina de cartão de crédito e débito para praticar roubos na região. Segundo relatam, os ladrões passam o cartão para confirmar a senha e levar parte do dinheiro da conta do banco das vítimas.

O crime ocorreu na trilha de acesso à Prainha Branca, informou a polícia na tarde desta terça-feira (2). De acordo com a dona da pousada, que ofereceu ajuda as vítimas, dois casais foram assaltados pela dupla de criminosos.

A comerciante Daniela Morato, de 38 anos, é a dona do estabelecimento que prestou auxílio ao grupo logo após o ocorrido. “Eles chegaram ao restaurante bem assustados. Pediram para usar o telefone porque tinham sido assaltados na trilha e precisavam bloquear os cartões”, relata.

Uma das vítimas, um rapaz de 28 anos, relatou a comerciante que além de ter uma alta quantia em dinheiro roubada, o grupo também teve celulares e cartões roubados. “Ele falou que faria a trilha sozinho com a companheira, mas, ao avistar mais pessoas chegando, aguardou para percorrer o caminho em grupo, já que soube de outros assaltos recentes na região”, conta Daniela.

Máquina de cartões

Fazendo a trilha, o jovem contou que dois homens armados os abordaram, anunciando o assalto. Segundo relataram as vítimas a comerciante, os assaltantes pediam senhas e passavam os cartões na máquina para confirmar.

Após o ocorrido, as vítimas pediram ajuda na pousada da Prainha Branca. Daniela conta que conversou com eles e permitiu que os casais passassem a noite no estabelecimento. “Infelizmente a área está muito insegura e pelo jeito não é a primeira vez que eles assaltam utilizando máquina de cartão”, afirma.

Segundo informações da Prefeitura de Bertioga, no dia seguinte, um dos casais tentou registrar boletim de ocorrência na cidade, mas como o crime havia acontecido na área de Guarujá, foram orientados a irem até a Delegacia de Polícia do município.

A administração pública ainda relata que, através da Secretaria de Assistência Social, disponibilizou um carro e motorista, que conduziu as vítimas até Guarulhos, local em que mora uma das vítimas.

Deixe uma resposta