Suzano imuniza primeira pessoa contra a Covid-19

0
30

Geraldina Gabriel é enfermeira da linha de frente da rede municipal de Saúde no combate à pandemia

A aplicação da vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) começou em Suzano na noite desta quarta-feira (20/01), após o recebimento do lote inicial enviado pelo governo do Estado de São Paulo. Geraldina Cristina Gabriel, de 42 anos, foi a primeira pessoa imunizada na cidade. A enfermeira é servidora municipal atuante na linha de frente no combate à pandemia na cidade.

Geraldina, mais conhecida como Dina, é moradora do Jardim Graziela e faz parte do grupo de risco da Covid-19. Além de trabalhar na Saúde, como enfermeira e gerente da Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. André Cano Garcia, no distrito de Boa Vista, ela é hipertensa. “Estou muito contente e ansiosa pela ampla imunização contra o novo coronavírus. Fiquei bastante surpresa e agradecida por ser escolhida para tomar a primeira dose. É uma grande responsabilidade, mas tenho certeza de que a ação vai incentivar outras pessoas. Quando um profissional da Saúde se dispõe a tomar a dose, mostra confiança. Este é o primeiro passo para a conscientização de todos e rumo ao fim da pandemia”, declarou.

Dina, que vive ao lado de seus dois filhos adolescentes, de 14 e 15 anos, disse que a rotina de trabalho foi bastante impactada pela Covid-19. “O cuidado tem sido mais que redobrado nos últimos dez meses. A proteção pessoal, para evitar contrair o vírus e levar para outras pessoas, é fator primordial. Felizmente, até o momento, ninguém em casa apresentou sintomas. Porém, todos os dias acompanho de perto o drama de dezenas de famílias”, compartilhou.

A enfermeira conta que, atualmente, a unidade que gerencia separou uma ala distinta para atender os pacientes com sintomas da Covid-19. “Nossa rotina mudou muito. Não podemos deixar de acolher pacientes com outras enfermidades, por isso buscamos traçar essa logística. Em média, recebemos 18 casos relacionados à doença, sendo que pelo menos 70% são de novos pacientes diários. Também chegamos a realizar, por dia, de dez a 12 coletas de exame swab (RT-PCR)”, explicou.

Moradora da zona norte de Suzano desde os nove anos de idade, Dina está há mais de uma década trabalhando na Saúde, passando pelas redes públicas estadual e municipal. “Eu me formei como técnica e auxiliar de enfermagem na Escola Técnica Mogiana (ETM) e logo ingressei na faculdade de enfermagem na Universidade Cruzeiro do Sul, me graduando em 2014, aos 35 anos. Por 12 anos estive na rede básica de Saúde da capital, no centro de São Paulo, passando também pelo Hospital Geral de Guaianazes”, contou.

Há quatro anos Dina se dedica à rede municipal de Saúde em Suzano. “Aqui já trabalhei na unidade do Tabamarajoara, depois fui para Palmeiras, até chegar à UBS Boa Vista. Para mim é uma honra fazer parte deste momento histórico da cidade. Acho que a gente precisa de esperança e a vacina é a possibilidade de mudança, é a melhora que todos nós esperamos para que a vida possa seguir adiante”, enfatizou.

Para o secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, a escolha da enfermeira deve-se ao fato também do trabalho aos finais de semana nos plantões de Pronto Atendimento, que está sendo realizado na UBS do Boa Vista. “Temos uma grande população na região norte de Suzano e a Dina tem desempenhado um papel fundamental na gerência da unidade, que, além de ser referência no distrito do Boa Vista, tem recebido muitos pacientes”, explicou.

Em sua fala, o prefeito Rodrigo Ashiuchi comemorou o início da vacinação, reforçando a importância do imunizante neste momento de pandemia. “Hoje, 20 de janeiro, Dia de São Sebastião, padroeiro de Suzano, vai ficar para a história de nossa cidade com a primeira vacina aplicada contra a Covid-19. Agradeço a todos pelo empenho e seguimos nessa empreitada de imunização”, concluiu.

Doses

O primeiro lote da vacina em Suzano foi recebido pelo secretário Pedro Ishi e pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi. Ao todo, 2,8 mil doses foram repassadas ao município. A quantidade será totalmente destinada aos servidores da rede municipal de Saúde que atuam na linha de frente no combate à doença. “Depois de quase um ano de luta, é com muita alegria que compartilhamos este momento. A enfermeira Dina representa todos os trabalhadores da Saúde, que são os verdadeiros heróis dessa história”, declarou Ashiuchi.

Por motivos de segurança, as doses foram armazenadas em local não divulgado. Logo após a cerimônia de apresentação e primeira aplicação, no Cineteatro Wilma Bentivegna, o lote foi encaminhado para início imediato da imunização no próprio local de trabalho dos profissionais da Saúde contemplados nesta primeira fase.

Todo o processo de manipulação e aplicação está sob responsabilidade da Vigilância Epidemiológica, que conta com sete câmaras de refrigeração, dois refrigeradores, dois freezers e um veículo refrigerado.

O secretário de Saúde de Suzano pediu ainda a colaboração das pessoas para que se atentem somente às informações oficiais e disse que, assim que possível, todos os detalhes sobre a campanha serão amplamente divulgados pela administração municipal, conforme as orientações do Ministério da Saúde e do governo do Estado.

Crédito das fotos: Irineu Junior/Secop Suzano

Deixe uma resposta