Iniciativa visa parceria com empresários da cidade para implantar novos serviços no Cantinho da Melhor Idade

As Secretarias de Saúde e Assistência e Desenvolvimento Social de Poá trabalham juntas para transformar o Cantinho da Melhor Idade em um Centro de Referência, Acolhimento e Promoção da Saúde do Idoso. O projeto que está sendo desenvolvido em parceria pelas pastas, visa à implantação de novos serviços no local a custo zero para o município.

Atualmente, o Cantinho da Melhor Idade conta com 1,7 mil idosos cadastrados e até março de 2020, antes de suspender as atividades devido à pandemia da Covid-19, contava com 1,3 mil frequentadores. “Temos aqui o serviço físico terapêutico na reabilitação e promoção da saúde do idoso. Em conjunto com a iniciativa privada, vamos integrar trabalhos multidisciplinares, incluindo educadores físicos do Cantinho, médicos, enfermeiros, psicólogos e fisioterapeutas, transformando assim o espaço em um grande Centro de Referência”, destacou o responsável pelo setor, Ivan de Oliveira Gonçalves.

“Além de respeito, os idosos também merecem um serviço de qualidade. Recebo muito questionamentos sobre a reabertura do Cantinho, se já existe alguma previsão, mas infelizmente, temos que aguardar, por se tratar de um momento delicado, porém, isso não impede de buscarmos as melhorias para o Espaço. Sendo assim, queremos aproveitar esse período de inatividade para reestruturar o prédio para, quando recebermos a autorização, voltarmos aos atendimentos já com as novas atividades”, informou a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Patrícia Batista.

De acordo com a secretária de Saúde, Claudia Cristina de Deus, o Cantinho da Melhor Idade conta com um programa de exercícios físicos terapêuticos validados, cientificamente, na promoção e reabilitação de saúde. “O serviço que era oferecido, até o início da pandemia, já era de ótima qualidade, mas queremos melhorar e oferecer mais e, se possível, sem custo nenhum para a Prefeitura, por isso, já estamos em tratativa com alguns empresários da cidade interessados em participar desta parceria”, afirmou.

FOTOS: Rodrigo Nagafuti – Secom Poá