Segundo o secretário estadual de Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn, o Estado solicita 3,4 milhões de agulhas e seringas para o programa de imunização estadual

Ogovernador de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a cobrar do governo federal atenção às medidas de combate à pandemia do novo coronavírus, em especial, sobre o credenciamento pelo SUS de leitos privados para pacientes da covid-19 e o envio de agulhas e seringas.

 

“Não vamos admitir em nenhuma hipótese ações discriminatórias em relação a São Paulo. Seja com o licenciamento de leitos no Estado, seja com agulhas e seringas, é obrigação do governo federal atender as demandas de São Paulo e dos brasileiros de São Paulo, dos outros Estados brasileiros e do Distrito Federal”, disse Doria, do Palácio dos Bandeirantes.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn, o Estado solicita 3,4 milhões de agulhas e seringas para o programa de imunização estadual. “Não obtivemos sequer uma resposta”, afirmou durante entrevista coletiva.