Zoonoses e Meio Ambiente realizam primeiro mutirão de castração e microchipagem do ano

0
19

Serviço gratuito da Prefeitura de Suzano para cães e gatos ocorre por meio de agendamento e cadastro prévio

A Secretaria de Saúde de Suzano, por meio do Setor de Controle de Zoonoses, realizou neste sábado (13/02) o primeiro mutirão de castração e microchipagem de animais do ano. A ação agendada, em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente, beneficiou proprietários de pelo menos cem cães e gatos previamente cadastrados junto à administração municipal.

O trabalho de castração tem sido instrumento de controle da superpopulação de animais domésticos na cidade. O procedimento inibe a procriação indesejada e, consequentemente, evita o abandono nas ruas, onde ficam vulneráveis a acidentes e maus-tratos. A iniciativa faz parte das políticas de posse responsável, sendo oferecida gratuitamente pela Prefeitura de Suzano.

A ação agendada deste sábado ocorreu na Escola Municipal Antônio Marques Figueira, na região central, beneficiando os animais previamente inscritos. No local, os cães e gatos foram recepcionados, cadastrados e encaminhados para pesagem, anestesia e cirurgia. Após acompanhamento do pós-operatório, os responsáveis os receberam de volta e foram orientados sobre os cuidados necessários. Já a implantação do microchip visa garantir o monitoramento permanente do animal, sendo uma espécie de identificação.

Para participar do mutirão, o proprietário deve procurar o Setor de Controle de Zoonoses ou a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e apresentar RG, CPF e comprovante de residência em Suzano. Ambos os setores se encontram no Centro Unificado de Serviços (Centrus), localizado na avenida Paulo Portela, 210, na área central. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 4745-2055.

Desde o início da campanha da Prefeitura de Suzano, em 2018, mais de 3,9 mil animais foram castrados. Só no ano passado, 916 cães e gatos passaram pelo programa gratuito de castração. Além disso, também tiveram a aplicação de microchip, o que auxilia na prevenção do abandono na cidade.

Crédito das fotos: Irineu Junior/Secop Suzano