A Câmara de Suzano reabrirá para atendimento ao público a partir de segunda-feira (26), com limitação de 25% da capacidade de atendimento. As sessões ordinárias ou extraordinárias, bem como audiências públicas, também voltarão a receber o público desta forma. As mudanças constam do novo ato da Mesa Diretiva, publicado hoje (23) no Diário Oficial Eletrônico do Município de Suzano.

O documento define que o acesso ao Legislativo se dará de modo restrito, tudo a atender as orientações sanitárias, e ficará limitado a 25% da capacidade de atendimento por gabinete. Os vereadores atenderão, quando possível, o público que tenha realizado prévio agendamento, sendo uma pessoa por vez em cada gabinete. Cada vereador será responsável por observar esta restrição.

É vedado o ingresso nas dependências da Casa de Leis de pessoas com suspeitas ou cientes de contaminação pelo novo coronavírus. O uso de máscara de proteção facial é obrigatório.

As sessões ordinárias, extraordinárias e as audiências públicas legalmente previstas serão realizadas normalmente, com público de até 25% da capacidade máxima permitida no Plenário. Os trabalhos realizados no local continuam sendo transmitidos ao vivo, de forma online, pelo canal do YouTube do Legislativo: www.youtube.com/c/TVCâmaraDeSuzano.

O ato da mesa mantém a restrição de acesso de pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, sejam elas funcionárias ou visitantes. No caso dos servidores públicos, quando possível, deverão exercer suas atividades no sistema de home office.

 

O documento mantém a possibilidade de afastamento administrativo de funcionários que fazem parte do grupo de risco da Covid-19, que são os portadores de doenças respiratórias crônicas, cardiopatias, diabetes, hipertensão ou outras afecções que deprimam o sistema imunológico, bem como gestantes e com filhos menores de um ano. Os demais funcionários da Casa de Leis, a critério de suas diretorias, poderão realizar suas atividades em home office, em sistema de rodízio, desde que atuem de forma presencial três dias por semana.

Já os funcionários que receberam a segunda dose da vacina contra a Covid-19, desde que tenha passado o período de 15 dias após a vacinação, devem trazer o comprovante e retornar às atividades presenciais.

O documento ainda mantém suspensa a realização, nas dependências da Câmara de Suzano, de eventos coletivos, relacionados ou não às atividades legislativas. Sendo assim, não serão realizadas sessões solenes, eventos de lideranças partidárias e frentes parlamentares, visitas institucionais e exposição histórica do Legislativo. Para evitar a tramitação de documentos em papel, as comunicações entre os departamentos serão feitas de forma eletrônica.

“Ainda estamos num momento em que é necessário manter os cuidados e o distanciamento para evitar nova escalada dos casos de novo coronavírus em nosso município e superlotação de leitos de hospitais”, disse o presidente da Câmara, Leandro Alves de Faria (PL), o Leandrinho. “Reforço que nós vereadores continuamos exercendo nosso trabalho e atentos às demandas da população”, destacou.

Além dele, também assinam o ato da Mesa Diretiva os vereadores Antonio Rafael Morgado (PDT), primeiro-secretário da Casa de Leis, e Jaime Siunte (PSDB), segundo-secretário do Legislativo.