O Uber Eats respondeu ao Procon-SP nesta terça-feira (8) sobre soluções oferecidas a clientes que levam o golpe do delivery, em que o entregador exige pagamento de taxa adicional, mesmo depois da entrega ter sido feita. O órgão pediu que a plataforma de delivery explicasse quais são as possíveis soluções oferecidas a consumidores vítimas do crime.

Uber Eats não deixa claro como previnir golpe do delivery

A empresa afirma ser mera “facilitadora” de serviços de restaurantes a consumidores – o Procon-SP vê tentativa de isenção de responsabilidade pelo golpe de entregadores parceiros. A notificação do órgão de defesa do consumidor vem após reclamações do atendimento do Uber Eats aos clientes vítimas da armação.

Deixe uma resposta