Vacinação contra a gripe contempla novos grupos a partir desta quarta

0
172
Vacinação contra a gripe contempla novos grupos a partir desta quarta

Mais de 40 mil doses já foram aplicadas em Suzano e a Secretaria Municipal de Saúde reforça a importância da imunização

A Secretaria de Saúde de Suzano inicia nesta quarta-feira (09/06) a terceira e última etapa da campanha de vacinação contra a influenza, o vírus da gripe, que contemplará até 9 de julho pessoas com comorbidades ou com deficiências, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário e portuários, membros das Forças de Segurança e das Forças Armadas, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade. Integrantes de demais grupos prioritários já abrangidos também poderão buscar atendimento junto à unidade de saúde mais próxima caso ainda não tenham sido imunizados.

A aplicação da vacina está disponível em todas as 24 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e de Saúde da Família (USFs) da cidade, de segunda a sexta-feira, das 8 horas às 15h30. Para receber a dose, o munícipe deve apresentar documento original com foto, comprovante de residência de Suzano e carteira de vacinação.

No caso das pessoas com comorbidades ou com deficiências há exigência de receita ou carta de indicação médica. No primeiro grupo estão incluídos aqueles que têm doença renal, cardíaca, hepática, neurológica ou respiratória crônicas, diabetes, obesidade, imunossupressão, trissomias ou transplantados.

Quanto aos deficientes estão incluídos aqueles que apresentam limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas, indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de ouvir ou enxergar mesmo com uso de aparelho auditivo ou óculos, além de pessoas com alguma deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, como trabalhar ou ir à escola.

Já os demais grupos de trabalhadores mencionados precisam ter um documento que comprove o exercício efetivo da função ou também uma carta de indicação médica. A recomendação é válida ainda para os professores que eventualmente deixaram de se vacinar contra a gripe na etapa anterior. Também têm direito ao imunizante os idosos maiores de 60 anos, os profissionais da Saúde, as crianças com idade entre 6 meses e menores de seis anos de vida, gestantes, puérperas e povos indígenas.

Até o momento, desde o início da campanha, 40.578 doses foram aplicadas no município, o que representa 39,6% da cobertura vacinal do público-alvo total estimado em 102.397 pessoas. “A vacina da gripe também salva vidas. Diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que traz sintomas semelhantes, a imunização contra a influenza representa menos riscos de casos graves da gripe. Isso facilita um diagnóstico mais assertivo e nos ajuda a evitar complicações e a eventual necessidade de atendimentos hospitalares na rede de Saúde, que segue atenta aos pacientes da Covid-19”, explicou o chefe da pasta, Pedro Ishi.

 

Vale ressaltar que, para aquelas pessoas que já tomaram ou que irão tomar a vacina contra a Covid-19, o prazo de espera de pelo menos 14 dias entre as aplicações deverá ser respeitado. A medida se faz necessária diante da recomendação do Ministério da Saúde e de entidades do setor, como a Sociedade Brasileira de Imunizações.

 

Crédito das fotos: Irineu Junior/Secop Suzano

 

Deixe uma resposta