O Google divulgou nesta quarta-feira (9) o Firmina, um cabo submarino responsável por ser mais uma conexão direta entre os Estados Unidos e a América Latina, conectando três partes do nosso hemisfério e uma delas é no Brasil. Além de facilitar o tráfego de dados pela internet, este é o primeiro e mais longo do mundo capaz de funcionar apenas com uma das pontas fornecendo energia.

O novo cabo Firmina do Google será composto por 12 pares de fibra óptica e ligará a costa leste dos Estados Unidos com Las Toninas, na Argentina e escalas passando pela cidade de Praia Grande (SP) e Punta del Este, no Uruguai. Sua instalação permitirá mais um caminho de conexão para a web trafegar entre a América do Norte e do Sul, entregando mais velocidade e também menor latência para produtos do próprio gigante das buscas, como Gmail, YouTube e demais serviços do Google Cloud.

Deixe uma resposta