Promotoras Legais Populares capacitam grupo de Minas Gerais

0
251
  • https://www.viassd.com/power-banks?product_id=366472

Mulheres de 12 cidades mineiras acompanham o curso suzanense

O curso de Promotoras Legais Populares (PLPs) de Suzano, promovido virtualmente pelo Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), chegou até as mulheres de Minas Gerais. O grupo formado por alunas de 12 cidades mineiras já contabiliza 97 mulheres acompanhando os conteúdos produzidos pela iniciativa suzanense. A previsão é de que, durante todo o mês de julho, as participantes possam aproveitar o período de férias do curso para colocar as aulas em dia e assim retomar o segundo semestre com novas aulas exclusivas.

De acordo com a diretora de projetos do Saspe, Sandra Lopes Nogueira, o curso de PLPs foi apresentado às mineiras por meio do terapeuta Milton Marques, que em 2017 participou de uma série de capacitações voltadas ao enfrentamento à violência doméstica em Suzano. “Assim que retomamos o PLPs na cidade, promovemos também uma formação em Gênero e Masculinidade, voltada aos homens engajados pelo fim da violência contra a mulher. Milton foi um desses parceiros, mas que atualmente vive em Minas Gerais, onde identificou situações que salientaram a necessidade de se abordar o tema junto à comunidade local”, disse.

Diante deste cenário, o terapeuta resgatou o conhecimento adquirido em Suzano e apresentou o PLPs às mulheres da região, como ferramenta de empoderamento às mineiras. “Neste ano, devido à pandemia, adotamos um novo formato para o curso, com aulas gravadas disponibilizadas diretamente no Youtube da Prefeitura de Suzano (bit.ly/TVPrefeituradeSuzano). Nesse modelo, alcançamos mais de 300 inscritas, com mulheres de diferentes partes do País. Agora, com esse grupo organizado em Minas, semeamos uma nova formação para que elas deem continuidade ao trabalho de empoderamento, informação e defesa dos direitos, mesmo que ainda de maneira comunitária”, explicou a diretora.

Para a dirigente do Saspe, a primeira-dama Larissa Ashiuchi, o curso de Promotoras Legais Populares já se consolidou como um modelo de sucesso e merece ser replicado. “O PLPs de Suzano vem de uma história de mais de dez anos e agora serve de inspiração para grupos de outras localidades. O conteúdo produzido e disponibilizado de maneira gratuita é muito valioso e precisa ser repassado para todas as pessoas, não só as mulheres. Estamos na luta por uma sociedade mais justa e igualitária, longe do preconceito, da violência e de qualquer tipo de discriminação”, reforçou.

Já o terapeuta Milton Marques, que tem orientado as mulheres, se diz animado com a disposição das mineiras em participar da iniciativa. “Temos participantes de diversas cidades da região, como Araçaí, Belo Horizonte, Caetanópolis, Cordisburgo, Diamantina, Itaúna, Matozinhos, Nanuque, Paraopeba, Sete Lagoas e São João da Varginha. Estamos todos empenhados em acompanhar a programação, estudando a fundo os conteúdos, além de mobilizar as autoridades dos municípios quanto à importância da ação. Vamos fazer essa ideia crescer ainda mais”, finalizou.

Crédito das fotos: Irineu Junior/Secop Suzano

  • https://www.viassd.com/smartphones?product_id=366281

Deixe uma resposta