Novas alunas das Promotoras Legais utilizam mês de recesso para atualizar o conteúdo

1
38
  • https://www.viassd.com/power-banks?product_id=366472

Durante o mês de julho, as 97 mulheres mineiras poderão assistir as 17 aulas exclusivas do primeiro semestre

Neste mês de julho, as novas alunas do nono curso de Promotoras Legais Populares, promovido pelo Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), deverão colocar em dia o conteúdo das 17 aulas do primeiro semestre. As mulheres, de diferentes cidades de Minas Gerais, integram a turma de 2021. Todos os vídeos, gravados de maneira exclusiva para o curso, estão disponíveis no canal do Youtube “TV Prefeitura de Suzano” (bit.ly/TVPrefeituradeSuzano). A medida foi pensada para as novas inscritas estarem com toda a matéria atualizada para o segundo semestre.

A diretora de projetos do Saspe, Sandra Lopes Nogueira, explica que o novo grupo é fruto de uma parceria entre a coordenação das PLPs de Suzano e o coletivo de Minas Gerais no combate à violência contra a mulher, que busca levar mais essa ferramenta de empoderamento.

A psicóloga organizacional Ângela Cardoso, de 53 anos e moradora da cidade de Paraopeba (MG), é uma das novas alunas da iniciativa suzanense e comenta que a expectativa das mulheres da sua região com o curso é muito grande. “Eu já assisti 12 das 17 aulas disponíveis em menos de um mês, eu sinto que estou vendo uma série e quero emendar um capítulo no outro”, brinca.

Segundo a psicóloga, que trabalha no setor de Recursos Humanos de uma empresa, os vídeos já expandiram o seu olhar sobre o cotidiano e trouxeram ideias para evoluir em todas as esferas da vida. “A sétima aula sobre ‘Libras – Língua para o Empoderamento’ me trouxe uma valiosa reflexão. Eu, como profissional de RH, passei a questionar sobre como tornar o local de trabalho mais acessível e já estou buscando novas especializações para contemplar todos os funcionários de onde eu trabalho”, complementou Ângela.

Ela ainda reforça que as mulheres da região seguem em contato constante e já planejam encontros presenciais, após a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) para discutir ferramentas de transformação social.

Para a dirigente do Saspe, a primeira-dama Larissa Ashiuchi, levar esse curso a outras regiões mostra como a luta suzanense tem sido árdua e as alunas estão apresentando bons resultados. “Ser PLP é mostrar força para modificar o seu cotidiano. O curso municipal, produzido de maneira exclusiva, ser compartilhado com diversas cidades mineiras é um grande avanço e mostra o compromisso da cidade com a causa da mulher”, finalizou.

Sobre o curso

O Promotoras Legais Populares é uma capacitação gratuita voltada às mulheres maiores de 18 anos, com foco na cidadania sob a perspectiva da igualdade de direitos entre as diversidades de classe social, étnico-racial, sexual e suprapartidário.

Os temas são escolhidos por meio de uma minuciosa curadoria de conteúdos referentes às temáticas semanalmente abordadas. No final do curso, as PLPs recebem certificação e tornam-se peças fundamentais para transformar a sociedade.

Créditos das fotos: Irineu Junior/Secop Suzano e Wanderley Costa/Secop Suzano

  • https://www.viassd.com/smartphones?product_id=366281

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta