• blank
    Clique e leia a Edição 190/21 do Jornal Folha 12 - 10 de Dezembro de 2021

A Polícia Federal prendeu Elaine Lessa, mulher do policial reformado Ronnie Lessa , na manhã deste domingo por tráfico internacional de drogas. Lessa também foi condenado pela Justiça Federal pelo mesmo crime. Ele foi  apontado pela Polícia Civil como o executor da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em março de 2018, e está no Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, e vai a júri popular.

As investigações tiveram início após a chegada de uma encomenda de Hong Kong chamar atenção da Receita Federal no Aeroporto Internacional Tom Jobim, Galeão, no Rio de Janeiro, em 23 de fevereiro de 2017. Foram encontradas 16 quebra-chamas para fuzil AR-15, que serve para ocultar chamas decorrentes do disparo da arma de fogo e não revelar a posição do atirador. A Academia Supernova, que era de Elaine e Lessa, no Rio das Pedras, era o destinatário do pedido.

Deixe uma resposta