EDP ingressa na seleta lista de Lugares Incríveis para Trabalhar

0
47

Premiação da Fundação Instituto de Administração (FIA) e o UOL avalia satisfação dos colaboradores com ambiente de trabalho, liderança, CEO e responsabilidade socioambiental das empresas

 

São Paulo, 03 de setembro de 2021 – A EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico brasileiro, ingressou na seleta lista da pesquisa Lugares Incríveis para Trabalhar. A Companhia ocupa a 18ª posição no ranking das companhias brasileiras de grande porte e ficou na 61ª posição na classificação geral. No total, 380 empresas participaram da pesquisa. O levantamento é uma parceria entre a Fundação Instituto de Administração (FIA) e o UOL e avalia a gestão de pessoas no que diz respeito à preocupação com o bem-estar e o desenvolvimento dos colaboradores.

A metodologia para seleção das melhores empresas é baseada na pesquisa FIA Employee Experience (FEEx), em que a opinião dos funcionários é o item de maior peso na avaliação. No questionário, os colaboradores responderam perguntas sobre temas como acesso e receptividade do CEO, a coerência da atitude dos líderes com os valores da empresa e clima organizacional.

“O reconhecimento dos colaboradores é fundamental para a Companhia avaliar o impacto de suas iniciativas. Avançamos muito desde que fortalecemos o nosso processo de transformação cultural com ações robustas de inclusão e diversidade, que tem se traduzido em um forte senso de pertencimento. Por isso, estar listados na pesquisa “Lugares Incríveis para Trabalhar” nos dá motivação para seguirmos evoluindo”, celebra Fernanda Pires, vice-presidente de Pessoas e ESG da EDP no Brasil.

A EDP se destacou na pesquisa por suas notas nos itens referentes a ações socioambientais e práticas de sustentabilidade. A Companhia foi a primeira do setor de energia na América Latina e de grande porte no Brasil a ter sua meta de redução de emissões de CO2 aprovada pela iniciativa internacional Science Based Targets (SBTi), entidade que mobiliza empresas a assumirem compromissos de diminuição da liberação e de gases relacionados ao efeito estufa de forma baseada na ciência. O pioneirismo da Empresa também aconteceu para na criação de uma vice-presidência de ESG, focada em reforçar a integração dos critérios ambiental, social e de governança aos negócios e processos de tomada de decisão.

A Companhia vem ainda realizando uma série de iniciativas em prol da diversidade. A EDP criou a primeira Escola de Eletricistas exclusiva para mulheres e assumiu compromissos como o de garantir que 50% de todas as novas contratações da Companhia venham de grupos sub-representados na sociedade nos pilares de raça, gênero, LGBTQIAP+, pessoas com deficiência, pessoas com mais de 50 anos ou em situação de vulnerabilidade social. Além disso, a EDP está entre as cinco empresas brasileiras listadas na Bolsa de Valores (B3) com o maior percentual de participação feminina no Conselho de Administração – 33%, o que fez com que a Companhia fosse reconhecida com o selo Women on Board, iniciativa apoiada pela ONU Mulheres Brasil.

Sobre a EDP no Brasil

Presente há mais de 20 anos no País, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. Com mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, a Companhia tem negócios em Geração, Transmissão, e Soluções em Serviços de Energia voltados ao mercado B2B, como geração solar, mobilidade elétrica e mercado livre de energia. Em Distribuição, atende cerca de 3,5 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. Foi eleita em 2020 a empresa mais inovadora do setor elétrico pelo ranking Valor Inovação, do jornal Valor Econômico, e é referência em ESG, figurando há 15 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.

Siga a EDP em: Site | LinkedIn

Deixe uma resposta