Educação adquire equipamentos para inclusão de alunos com deficiência

0
30

Teclados Inteligentes Multifuncionais (TiX) vão beneficiar cerca de 60 crianças com limitações motoras e intelectuais na rede municipal de ensino

 

A Secretaria de Educação de Suzano passou a contar com seis novos equipamentos de inclusão para a rede municipal de ensino. Os Teclados Inteligentes Multifuncionais (TiX), como são chamados, contribuem para o aprendizado dos alunos com deficiências físicas e intelectuais e com paralisia cerebral. Eles serão destinados para atender cerca de 60 crianças.

 

O equipamento é ligado a um notebook e oferece todas as funções de um teclado e mouse, com a acessibilidade adequada. Por meio do TiX, os estudantes serão capazes de interagir com o computador e se comunicar por meio dele. Isso porque o dispositivo tem 11 teclas sensíveis ao toque. Além do recurso físico, ele ainda conta com software interno que proporciona uma plataforma completa de inclusão para o aprendizado de Pessoas com Deficiência (PcDs).

 

O secretário Leandro Bassini explicou que o TiX permite que os usuários possam digitar em computadores e dispositivos celulares e também mover o cursor do mouse, facilitando o cotidiano escolar. “Assim, eles podem ter total autonomia no acesso aos recursos digitais e ainda interagir com professores e colegas em atividades pedagógicas. A iniciativa também conta com a formação dos professores para otimizar o uso do novo recurso”, disse.

 

A efetividade do aparelho já vinha sendo analisada pela pasta desde o início do ano passado, em um projeto-teste com crianças entre seis e oito anos de idade. Com a confirmação de que ele pode ajudar os alunos em seu desenvolvimento motor e cognitivo, a Educação suzanense providenciou o aluguel dos itens para já iniciar o uso no retorno gradual às aulas presenciais.

 

Neste primeiro momento, 18 estudantes serão beneficiados com o TiX, conforme decisão familiar do regresso ao ensino presencial de cada um. A partir do posterior retorno com total frequência, ainda sem data definida, a expectativa é de que cerca de 60 alunos sejam contemplados com a nova ferramenta de aprendizagem.

 

A princípio, os aparelhos atenderão estudantes das escolas municipais Professora Sônia Regina Alonso Ostemayer, no Recanto São José; Engenheiro Isaías Martinelli Gama, no Residencial Nova América; José Celestino Sanches, no Jardim Varan; Victor Salviano, na Cidade Miguel Badra; Antonio Marques Figueira, no centro; e Mércia Amaral Andrade de Brito, no Jardim Casa Branca. Conforme novas unidades forem identificadas com necessidade do TiX, os aparelhos serão remanejados e passarão por rodízios para atender todas as demandas.

 

Bassini destacou que a administração municipal tem realizado um trabalho consistente nos últimos anos para tornar o ambiente escolar cada vez mais acessível a todos. Com isso, muitas escolas já contam com rampas de acesso nas entradas, nas salas de aulas e nos banheiros, além de marcações no chão para deficientes visuais. As obras de acessibilidade seguem em andamento para atender toda a rede municipal.

 

“Estamos muito contentes com o resultado positivo que obtivemos nos testes do aparelho. Ele tem um grande potencial de otimizar o ensino dos alunos com deficiência e transpor as dificuldades. É de fato uma grande conquista para a cidade, um passo adiante na promoção de um ensino de qualidade cada vez mais inclusivo para todos. Seguimos trabalhando para romper barreiras e levar a melhor educação possível às crianças suzanenses”, concluiu.

 

 

Crédito das fotos: Mauricio Sordilli/Secop Suzano

 

Deixe uma resposta