Prevenção ao suicídio é tema do curso de Promotoras Legais

0
32

Aula faz alusão à campanha nacional iniciada neste mês e tem à frente a psicóloga Débora Priscila Panhoto

O nono curso de Promotoras Legais Populares, produzido pelo Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), traz nesta semana o tema “Setembro Amarelo: prevenção ao suicídio”. A 23ª aula tem à frente a psicóloga clínica e educacional, Débora Priscila Panhoto. O conteúdo está disponível no canal “TV Prefeitura de Suzano” (bit.ly/TVPrefeituradeSuzano).

A aula, que faz alusão ao mês de conscientização e valorização da vida, foi compartilhada na última terça-feira (07/09), semana do Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, celebrado em 10 de setembro, e trouxe uma série de dados e cenários que merecem atenção.

Profissional da Prefeitura de Suzano há 19 anos, Débora Panhoto participou da implementação e atua, desde a fundação, no Centro de Atenção Psicossocial (Caps) infanto-juvenil Entrelaços, onde também desenvolve trabalhos com musicoterapia em crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Licenciada em Educação musical pela Universidade Federal de São Carlos (UFScar), especialista em Arte-terapia e Musicoterapia, Débora ressalta que debater sobre o suicídio é uma ferramenta importante para entender os sinais e orientar as pessoas para os serviços corretos. “Existem muitas pessoas que falam ‘se quisesse, já tinha feito’, mas é importante encarar a tentativa como uma oportunidade para intervenção para evitar um desfecho fatal”, ressaltou.

A profissional ainda faz o alerta sobre a importância de trazer este tema para o conhecimento do público. “Eu sempre digo que o mês de setembro é para reflexão sobre a causa, mas temos o ano inteiro para agir”, completou.

Para a dirigente do Saspe, a primeira-dama Larissa Ashiuchi, pensar em políticas públicas que reforcem a valorização da vida é um trabalho pensado com muita atenção no município e conta com a ajuda de todos, nos 365 dias do ano. “Suzano tem psicólogos em todas as unidades de saúde, temos um grande trabalho no Caps, entre tantos outros serviços. Os suzanenses não estão sozinhos! Temos uma rede de apoio ampla e muito preparada para atender a todos que precisarem”, reforçou.

Setembro Amarelo

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), iniciou neste mês o fomento à nova política municipal de Prevenção ao Suicídio.

A iniciativa está focada no acolhimento da pessoa em intenso sofrimento no momento exato de sua busca de apoio ou o mais próximo possível. Além das equipes de Saúde, é preciso mobilizar uma verdadeira rede de apoio na comunidade, contando com a interação de líderes comunitários, líderes religiosos, associações, conselhos municipais, agentes de segurança, profissionais da Educação e da Assistência Social, entre outros.

Todas as informações sobre as ações podem ser conferidas no site oficial da Prefeitura de Suzano (Suzano.sp.gov.br).

Crédito das fotos: Maurício Sordilli/Secop Suzano

Deixe uma resposta