Centro de Convivência retoma atividades com o público da melhor idade

0
34

Primeira-dama Larissa Ashiuchi prestigiou a ação e deu as boas-vindas ao grupo

O Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI) Maria Picoletti iniciou nesta segunda-feira (04/10) a retomada gradual das atividades presenciais na unidade. A cerimônia de reabertura contou com a presença da dirigente do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), a primeira-dama Larissa Ashiuchi, que prestigiou a ação e deu as boas-vindas ao grupo. Por ora, as aulas de violão, tricô e alfabetização devem retornar com os encontros, uma vez que são atividades sem contato físico direto.

Na oportunidade, a primeira-dama pôde rever parte do grupo de idosos durante a aula de violão, que foi precedida pela participação especial do escritor José Wagner Ramos da Silva. Cerca de 15 pessoas acompanharam a recitação de dois textos do livro “Crônicas do Coração”, como forma de homenagem à melhor idade.

“Hoje precisamos agradecer a Deus por estarmos aqui após esse ‘vento forte’ que levou tantas pessoas queridas, jovens e idosos. Apesar da idade avançada, nos mantivemos aqui porque o nosso tempo ainda não acabou, isso significa que ainda temos missões a cumprir”, disse o autor se referindo ao período de pandemia.

Larissa agradeceu a participação do escritor, que esteve acompanhado por sua esposa Marilena Digenova Ramos. “Fico muito feliz em retomar as atividades no ‘novo normal’. Queríamos a casa cheia, mas precisamos que todos fiquem em segurança, então essa retomada será gradual. Quando inauguramos esse espaço, que até então era um lugar abandonado, entregamos um verdadeiro ombro amigo dos idosos. O CCMI é a casa da melhor idade, onde todos podem usufruir do equipamento, nem que seja apenas para vir conversar. Vimos muitos idosos deprimidos em casa, mas que aqui retomaram a alegria e fizeram novas amizades”, relembrou.

A primeira-dama também reforçou a importância da união e compreensão neste momento de retomada gradual. “Vivemos um novo momento, com quase toda a população imunizada contra a Covid-19. Entre os idosos, muitos já estão indo para a terceira aplicação de reforço da vacina. Então, vamos retomar gradualmente as atividades, exceto as aulas de dança e coral que devem ficar para o ano que vem. De qualquer forma, todos precisam continuar se cuidando com máscara, álcool em gel e distanciamento. Passamos muito tempo afastados, perdemos pessoas queridas, porém é importante retomarmos nossas rotinas dentro das possibilidades”, informou.

Por fim, Larissa ainda agradeceu o empenho da equipe do CCMI ao longo desse período. “Agradeço a nossa coordenadora Adelaide Fischer, que não parou e se dedicou muito ao longo dos meses. Nosso centro de convivência se reinventou com ações a distância, por meio da tecnologia, e buscou manter todos conectados, com celebrações no Dia das Mães e com outros projetos especiais, como a confecção de mantas artesanais feitas voluntariamente pelos integrantes do CCMI em parceria com o grupo de Lian Gong”, finalizou.

O Centro de Convivência está localizado no número 1.375 da rua Benjamin Constant, na região central de Suzano. O funcionamento é das 8 às 17 horas e o telefone para contato é o (11) 4743-1600. Vale lembrar que, no momento, o CCMI dá continuidade às atividades com os participantes já matriculados. Novas matrículas devem ser abertas a partir de 2022.

Crédito das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano

Deixe uma resposta