Suzano buscará recursos para implantar pista de atletismo no estádio

0
86

Audiência pública realizada nesta quinta-feira (07/10) reuniu representantes do Poder Público e da modalidade 

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer participou de uma audiência pública na Câmara de Suzano, nesta quinta-feira (07/10), para discutir a implantação de uma pista de atletismo sintética no Estádio Francisco Marques Figueira, o Suzanão. O objetivo do encontro foi avaliar a possível instalação e ponderar a respeito da busca de recursos junto ao governo federal. A obra está orçada em cerca de R$ 5 milhões. 

Com a participação do secretário Arnaldo Marin Junior, o evento no plenário do Legislativo apresentou temas e objetivos das principais entidades do atletismo brasileiro em inserir a nova estrutura esportiva no Suzanão.  

Integraram a audiência pública o presidente da Comissão Permanente de Cultura, Esportes e Educação da Câmara, vereador Artur Takayama; a parlamentar Gerice Lione; o presidente do Instituto Jefferson Sabino, Benedito Tiarga; o presidente da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), Wlamir Leandro Motta Campos; e o presidente da Federação Paulista de Atletismo (FPA), Joel Lucas Vieira de Oliveira.  

O projeto se dá pelo interesse da CBAt em ter um equipamento com medidas e materiais oficiais e homologados no Alto Tietê. A proposta é considerada ideal para o estádio suzanense, visto que conta com a estrutura mais adequada na região para receber tal pista.  

O espaço seria pioneiro entre as cidades locais, contando com um piso sintético presente em estádios que abrigariam provas em Olimpíadas, dimensões oficiais de oito raias e todo material e equipamento para a prática de modalidades olímpicas e paralímpicas. Considerando todos os custos, a obra é avaliada em cerca de R$ 5 milhões, com a intenção de viabilizá-la por meio do repasse de verbas do governo federal. 

O chefe da pasta de Esportes e Lazer destacou que a concretização do projeto seria muito positiva para o município, que vem fortalecendo sua estrutura esportiva nos últimos anos. “Caso essa proposta da Confederação Brasileira de Atletismo se torne uma realidade, nosso município, que já conta com uma ótima estrutura para a prática esportiva com a Arena Suzano, o Parque Max Feffer e o próprio Suzanão, receberia mais uma grande melhoria, benéfica para toda a região. Posso dizer que a minha expectativa é para que tenhamos esse equipamento à nossa disposição no futuro”, afirmou Marin Junior. 

Em sua fala, Campos explicou que fomentar o atletismo e o esporte em geral é um exercício de cidadania e fez questão de parabenizar o município pela estrutura atual. “Estivemos na cidade na semana anterior para conhecer a pista de atletismo do Suzanão. Gostamos do que vimos e trazemos a proposta de ter o primeiro equipamento sintético do Alto Tietê, enquanto projeto esportivo e social. É uma oportunidade de fortalecer uma ferramenta de inclusão social para os jovens do município”, disse o presidente do CBAt. Ela ainda destacou que a cidade tem potencial para manter o equipamento ativo, com projetos e práticas socioesportivas. 

O mandatário da FPA, por sua vez, lembrou de Jefferson Sabino, atleta suzanense tricampeão mundial de salto triplo, como um motivo especial para conduzir o processo. “Suzano tem uma antiga história no atletismo, com grandes atletas envolvidos no esporte paulista. A cidade esteve registrada oficialmente por muitos anos conosco e isso deve ser defendido. Atualmente, temos menos de 25 pistas olímpicas sintéticas em São Paulo, ou seja, caso o projeto seja aprovado, Suzano seria um polo para a prática de atletismo, não só do Alto Tietê, como do Estado inteiro”, disse Oliveira. 

A vereadora Gerice Lione ressaltou que o equipamento inédito na região credencia Suzano a ser um dos pontos centrais da modalidade em São Paulo e enalteceu a presença de importantes entidades na audiência. “Com uma iniciativa como essa, a cidade pode ser uma referência no esporte, como dito pelo presidente Joel. Agradeço a presença de todos e vamos lutar por essa conquista para o município”, afirmou. 

Representando o Instituto Jefferson Sabino, Benedito Tiarga destacou a presença das entidades em Suzano como uma prova do potencial da cidade em abrigar este projeto. “Estamos recebendo a elite diretora do atletismo nacional. Isso mostra o comprometimento e a seriedade das intenções da cidade. Eu agradeço essa iniciativa, que representa muito para o esporte daqui”, comentou o presidente do instituto social. 

Também estiveram presentes na Câmara os vereadores Joaquim Rosa e Rogério Castilho; o presidente do Conselho Municipal de Desporto, José Serafim da Silva Junior; e o secretário de Segurança Cidadã de Suzano, Elias Marques de Lima. 

 

Crédito das fotos: Mauricio Sordilli/Secop Suzano 

Deixe uma resposta