Estudante do Nova América é premiada na Olimpíada de Astronomia e Astronáutica

0
86

Aluna da rede municipal de ensino conquistou medalha de bronze na última edição da competição nacional

 

Uma aluna da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Engenheiro Isaías Martinelli Gama, do Residencial Nova América, em Palmeiras, ganhou uma medalha de bronze na 23ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, que aconteceu no ano passado em fase única. Em razão deste importante mérito, a Prefeitura de Suzano promoveu uma homenagem para ela no dia 27 de outubro para celebrar sua conquista.

 

Na ocasião, o secretário municipal de Educação, Leandro Bassini, se encontrou com a estudante do 5º ano Grazieli Silva Batista e seu pai para parabenizá-los pessoalmente pela participação na competição e realizar a entrega simbólica da medalha e do certificado oficial de participação. Também estiveram presentes a diretora da unidade, Rosilene Barbosa, a coordenadora pedagógica Valquíria da Silva, a professora Roneli Alves e a supervisora Sueli Signorini.

 

Quando a olimpíada foi anunciada na escola, no início de 2020, despertou o interesse da estudante, que se inscreveu de forma voluntária. Com isso, ela disputou a prova de forma virtual com milhares de participantes de todo o País em novembro. O exame foi dividido em quatro modalidades, sendo as três primeiras dirigidas a alunos do ensino fundamental e a quarta para o ensino médio, com sete questões de astronomia e três de astronáutica. As premiações foram distribuídas conforme a pontuação obtida em cada formato. A participação da suzanense lhe garantiu uma medalha inédita e trouxe orgulho ao município e à sua instituição de ensino.

 

O evento é organizado anualmente pela Agência Espacial Brasileira (AEB) em conjunto com a Sociedade Astronômica Brasileira (SAB). De acordo com levantamento feito pelos organizadores da olimpíada, mais de 20 mil escolas se inscreveram em 2020. Mesmo em período de pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a adesão foi significativa, com mais de 437 mil estudantes de todo o Brasil disputando as honrarias de forma voluntária.

 

Bassini destacou que o resultado foi muito importante para a cidade e demonstra todo o empenho e engajamento dos estudantes da cidade. “Minha grande felicidade é que uma escola municipal tenha conquistado o prêmio. Para mim isso é um troféu para o ensino de Suzano. Muito além da medalha, a pró-atividade e o interesse da Grazieli em participar dessa iniciativa são exemplares e nos inspiram enquanto educadores. Meus parabéns se estendem a todas as instituições estaduais, federais e privadas do município que também participaram e obtiveram números expressivos na competição”, comemorou.

 

Além da unidade municipal do Residencial Nova América, também receberam prêmios a Escola Técnica Estadual (Etec) de Suzano; o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) – campus Suzano; o Centro Educacional Sesi; o Colégio Integrado Lumbini; e o Centro Educacional Nipo-Brasileiro de Suzano (Cenibras).

 

 

Créditos das fotos: Mauricio Sordilli/Secop Suzano e Divulgação/Secop Suzano

Deixe uma resposta