Nova turma do Nupdec se forma no Parque Maria Helena

0
57

Moradores foram capacitados para colaborar com os órgãos de segurança em situações de risco no bairro

 

Mais uma turma do Núcleo Comunitário de Proteção e Defesa Civil (Nupdec) de Suzano se formou nesta sexta-feira (05/11). Desta vez, a iniciativa capacitou 18 moradores do Parque Maria Helena, que agora estão aptos a atuar de forma preventiva pela comunidade e colaborar com os agentes municipais em uma série de situações adversas, como enchentes e alagamentos. A medida visa reforçar a segurança das pessoas que vivem em áreas de risco.

 

A cerimônia de formatura ocorreu no Teatro Contadores de Mentiras e contou com a participação do secretário municipal de Segurança Cidadã, Elias Marques, do diretor da Defesa Civil, Antonio Wenzler, da coordenadora do Nupdec, Viviane Raquel, e de agentes do setor. Todos os participantes foram parabenizados pela iniciativa, dedicação e, em especial, pelo papel importante que estão assumindo em prol de todos os moradores do bairro. Por fim, cada um recebeu seu certificado.

 

Com isso, estes 18 moradores passam a compor um grupo de aproximadamente 130 lideranças comunitárias que foram formadas pelo Nupdec desde sua criação, em 2018. Elas estão espalhadas por diversos pontos da cidade e atentas ao cotidiano de suas regiões, à disposição para agir prontamente diante de ameaças naturais e outros contextos que possam colocar os cidadãos em risco.

 

Ao longo das aulas, ministradas por profissionais da Defesa Civil em outubro, os participantes tiveram contato com uma série de procedimentos e formas de identificar, prevenir e atuar em emergências, tendo conhecimento de quais medidas de segurança devem ser tomadas em cada situação. A formação também os permite acionar as autoridades de forma mais detalhada e eficiente e auxiliá-las no atendimento de vítimas, com práticas de primeiros-socorros.

 

Marques destacou a importância da iniciativa, que, inclusive, se tornou uma referência estadual nos trabalhos em áreas de risco com participação popular. Em agosto, o projeto suzanense foi transformado em curso informativo pelo governo do Estado, de modo a contribuir com a formação de núcleos de proteção em outros municípios. “Esta integração entre as comunidades e o Poder Público representa um diferencial muito importante nos trabalhos de segurança. Isso porque os moradores são os primeiros a terem contato com as casualidades, inclusive enquanto os agentes municipais se deslocam até os locais. Com as urgências, as lideranças comunitárias são um acréscimo muito importante para agir de forma consciente diante dos riscos e garantir o bem-estar de todos”, ressaltou.

 

Segundo o diretor da Defesa Civil suzanense, o aprendizado que estes grupos receberam vai muito além de eventuais enchentes, isso porque também pode salvar vidas em diversas situações cotidianas, indo desde um incidente em uma festa de família a um caso de violência doméstica, por exemplo. “Mantemos monitoramento constante de 43 áreas de risco de alagamento ou deslizamento de terra pela cidade, de norte a sul, e o Nupdec tem contribuído muito para este trabalho com a formação de uma linha direta entre a população local e a Defesa Civil. Para além do contato com os grupos capacitados, seguimos sempre a postos para qualquer necessidade da população, que pode nos contatar pelo telefone (11) 4748-5394 ”, concluiu.

 

 

Crédito das fotos: Mauricio Sordilli/Secop Suzano

Deixe uma resposta