Prefeitura de Itaquaquecetuba realiza ação de planejamento familiar

1
107
blank

No último sábado (6), a Secretaria Municipal de Saúde de Itaquaquecetuba promoveu um mutirão de planejamento familiar no CEMI (Centro de Convivência da Melhor Idade), na região central da cidade, para 150 casais elegíveis que fizeram o cadastro nas unidades básicas de saúde e optaram pela realização da cirurgia de vasectomia.

O evento contou com orientação médica e psicossocial, atendimento individualizado e orientação quanto aos métodos contraceptivos como forma de mostrar todas as opções viáveis para que só depois os casais confirmem a continuidade do processo. As cirurgias de vasectomia são realizadas no Centro de Especialidades de Itaquaquecetuba (CEI), também na região central, e os homens já saíram da ação com o agendamento em mãos.

O prefeito Eduardo Boigues, o secretário de Saúde, Edson Rodrigues, vereadores e outros secretários compareceram no CEMI para acompanhar a ação. Kits de cuidados e prevenção sexual foram disponibilizados no local.

O médico palestrante Roberto Mitio Kato explicou o que é planejamento familiar, garantido ao usuário do SUS (Sistema Único de Saúde) pela Lei 9.263/1996, que trata dos direitos sexuais e reprodutivos de homens e mulheres adultos, além de jovens e adolescentes com vida sexual com ou sem parceiros fixos, ofertando métodos contraceptivos eficientes e seguros.

Ele alertou que tanto a laqueadura para a mulher quanto a vasectomia para o homem são métodos irreversíveis. “A laqueadura corta ou amarra as trompas para evitar que o óvulo e os espermatozoides se encontrem e a vasectomia corta o canal que leva os espermatozoides do testículo”, explicou.

“O planejamento familiar possibilita o espaçamento de gravidez, a recuperação do organismo da mulher após o parto e a decisão de homens e mulheres de quando e quantos filhos desejam ter”, disse o prefeito.

Para realizar a cirurgia, ou seja, ser elegível, é necessário ter mais de 25 anos, dois filhos vivos e fazer exames laboratoriais. Após a cirurgia, homens recebem alta no mesmo dia e mulheres no dia seguinte. “É importante planejar a chegada dos filhos e também prevenir a gravidez indesejada”, finalizou o secretário Edson Rodrigues.

Fotos: Divulgação

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta