Suzano participa de eleição do fórum nacional sobre gestão de resíduos sólidos

0
110
blank

Entidade reúne gestores públicos de todo o País para fortalecer as atuações municipais e estaduais de destinação adequada de resíduos

O secretário de Manutenção e Serviços Urbanos de Suzano, Samuel Oliveira, participou nesta terça-feira (09/11) de uma assembleia extraordinária do Fórum Nacional de Gestores de Limpeza Urbana e Manejo de Resíduos Sólidos. O encontro, que teve apoio da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), reuniu autoridades municipais e estaduais de várias partes do País para eleger a nova diretoria responsável.

Na ocasião, a autoridade suzanense contribuiu com o debate junto a cerca de cem secretários e gestores por meio de plataforma virtual. Após cerca de três horas de diálogos, quando grande parte dos presentes se pronunciaram visando o futuro da iniciativa, o titular da pasta de Meio Ambiente de Guarujá, Sidnei Aranha, foi sagrado como novo presidente da entidade. A nova diretoria também conta com representantes de outras regiões.

O fórum é responsável por promover a articulação e mobilização de autoridades públicas para a construção de um processo democrático voltado para a destinação e manejo dos resíduos sólidos gerados pela população. Os debates da entidade contribuem diretamente para as tomadas de decisão em nível estadual e federal a respeito de limpeza urbana, compartilhando ideias e abordagens inovadoras para ampliar os trabalhos do segmento no Brasil.

A eleição também foi responsável por definir os titulares e suplentes das coordenadorias regionais. Por conta das extensões e demandas das regiões sudeste e sul do Brasil, novos colegiados serão formados para representar áreas específicas destes territórios. A medida será oficializada na próxima reunião, mas já conta com equipes definidas. O secretário suzanense figura entre os nomeados para reforçar as tratativas junto a outros gestores de municípios de São Paulo e Minas Gerais.

Oliveira destacou a importância dos trabalhos da entidade, uma referência no segmento, para dar o devido foco a este tema tão complexo e crítico, que sofre por questões culturais e de educação ambiental e necessita de novas abordagens. “O espaço plural do fórum nos permite compartilhar propostas e inovações que podem ajudar outros municípios a melhorarem suas atuações. Mesmo que com particularidades, os problemas de Suzano podem muito bem ser os mesmos de São Paulo e Belo Horizonte, por exemplo. Portanto, se trata de uma grande união de esforços para dar o destino correto aos resíduos e contribuir para a saúde pública e a preservação ambiental em todo o Brasil”, concluiu.

Crédito das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano 

Deixe uma resposta