Procon de Ferraz alerta consumidores sobre práticas infratoras

0
135

O órgão de Proteção e Defesa do Consumidor de Ferraz de Vasconcelos, o Procon, tem realizado diversas ações de alerta sobre práticas infratoras nos estabelecimentos comerciais no município. A instituição destaca que é fundamental que os consumidores realizem as denúncias para que a equipe de fiscalização realize as operações.

A denúncia pode ser realizada pelo e-mail [email protected], ou na própria unidade que está localizada no Centro de Integração da Cidadania (CIC), na Rua Américo Trufeli, 60, no Parque Dourado.

É importante frisar que para realizar a denúncia, a apresentação de provas para estabelecimentos físicos é opcional, sendo suficiente a denúncia do consumidor, com a narrativa dos fatos de forma clara. Já sobre sites eletrônicos, as solicitações deverão conter o máximo de provas e informações possíveis, tal como capturas de tela (printscreens) e datas da visualização da ocorrência.

 

BLACK FRIDAY 2021

O órgão também reforça que os consumidores devem ficar atentos aos preços da Black Friday e evitar possíveis transtornos na hora da compra da maior ação promocional do ano, que ocorre na última sexta-feira de novembro.  Segundo a coordenadora do Procon ferrazense, Fernanda Cato, é necessário pesquisar esses valores antes dos moradores fazerem suas compras para que evitem gastos desnecessários e não caiam nos “falsos descontos”. 

Como medida de alerta, nesta semana o Procon deu início a pesquisa dos valores de produtos nos comércios municipais, para garantir que as mercadorias vendidas na Black Friday realmente estejam de acordo com a mudança de preço divulgada pela campanha. “Se constatarmos algum tipo de fraude, iremos notificar o fornecedor para esclarecimento e para apresentarem nota fiscal do produto”, destacou a coordenadora.

Dessa forma, o Procon ferrazense listou algumas dicas para que a compras na Black Friday sejam seguras: evite compras por impulso; não comprometa seu orçamento; faça pesquisas algumas semanas antes do evento, tire fotos ou prints dos produtos com seus preços reais; guarde qualquer publicidade referente ao produto, pois servirá de provas para comparar os preços, evitando falsos descontos; peça Nota Fiscal sempre; verifique se o site é confiável; desconfie de empresas que só aceitam PIX, boletos bancários ou transferência como forma de pagamento e informe-se sobre a política de troca da empresa. 

Deixe uma resposta