UNG oferece 230 vagas para tratamento odontológico gratuito

0
50
blank
Atendimento é voltado para pacientes que tenham problema nas gengivas ou que precisam colocar aparelho dentário
A Clínica-Escola de Pós-graduação em Odontologia, da Universidade UNG, está selecionando jovens e adultos para o tratamento gratuito de doenças periodontais. Ao todo, são disponibilizadas 200 vagas para pacientes não fumantes, saudáveis ou diabéticos, que tenham algum problema nas gengivas ou ao redor de implantes dentais. Os pacientes selecionados receberão o tratamento odontológico, além de acompanhamento por um ano após o procedimento.
A UNG disponibiliza ainda 30 vagas para tratamento ortodôntico em pacientes, entre 20 e 35 anos, com má posição dentária, que não tenham realizado tratamento de canal e sem problema periodontal.
Segundo a coordenadora do programa de pós-graduação em Odontologia da UNG, Magda Feres, o tratamento é essencial já que doenças periodontais e peri-implantares são infecções graves que podem levar a perda dos dentes e de implantes. “As doenças periodontais aumentam o risco para outras patologias no organismo, como doenças cardíacas e partos prematuros que, sobretudo, estão associados a uma alta carga de bactérias agressivas, que podem entrar na corrente sanguínea e causar infecções em outras partes do organismo”, explica a dentista, que é doutora pela Universidade de Harvard (EUA).
O tratamento de doenças periodontais será realizado com a remoção mecânica das bactérias, incluindo raspagem das raízes dos dentes, cirurgias e uso de antimicrobianos. Este tipo de serviço não é disponibilizado em hospitais públicos e o custo em clínicas particulares pode ser muito alto.
Interessados em receber avaliação devem entrar em contato por meio do telefone e WhatsApp  (11) 2464-1726 .O Centro de Estudos Clínicos da UNG fica no Prédio S do Campus Centro, localizado na Praça Tereza Cristina, 88, Guarulhos, São Paulo.
Excelência na Odontologia e no Tratamento Periodontal
O Programa de Pós-Graduação em Odontologia da UNG (Mestrado e Doutorado) é o único da região metropolitana de São Paulo com nota 6 de excelência pelo MEC/CAPES e o único do Brasil em uma Universidade privada. Dos mais de 4 mil Programas de stricto sensu existentes no Brasil, pouco mais de 10% possuem notas máximas: 6 ou 7, e somente 5 desses programas de excelência pertencem a IES privadas, incluindo a UNG.
Em 2020 e 2021 a UNG ficou entre as 100 melhores do mundo no Ranking de Shangai na categoria pesquisa científica em “Dentistry e Oral Sciences” devido ao impacto desse Programa. Da mesma forma, em 2013, 2018, 2019 a UNG ficou categorizada como a 1ª Universidade privada do país no critério: ”INSERÇÃO NO CENÁRIO GLOBAL”, também pelo impacto global das publicações de professores e alunos do Programa de Odontologia. Em 2021, três professores do Programa (Magda Feres, Poliana Duarte e Jamil Shibli) foram listados no Ranking da Universidade de Stanford, que reportou os 2% de cientistas mais influentes do mundo em 2019.
“O nosso grupo de pesquisa da UNG tem contribuído, substancialmente, para o avanço do conhecimento sobre tratamento periodontal no mundo nos últimos 15 anos, além de oferecer à população tratamento de qualidade e totalmente gratuito. Todos os anos nosso Centro Clínico recebe pesquisadores estrangeiros para acompanhar nosso funcionamento e levar ideias para suas Universidades. Um grande diferencial é que fazemos a avaliação dos microrganismos da boca, antes e depois dos tratamentos. Tudo gratuitamente, pois temos verba dos órgãos públicos de fomento à pesquisa”, explica Magda, que é convidada para apresentar resultados desses tratamentos (desenvolvidos ou validados na UNG) em diversos eventos internacionais.
Serviço:
Clínica de Pós-graduação em Odontologia da UNG
Local: Praça Tereza Cristina, 88, Centro, Guarulhos – São Paulo

Telefone/ Whatsapp:  (11) 2464-1726

Deixe uma resposta