Cerimônia de abertura da Olimpíada das Apaes reúne mais de mil pessoas

0
87

Evento foi realizado na Arena Suzano, na noite desta quarta-feira (17/11), envolvendo mais de 200 atletas e 50 profissionais de 17 entidades participantes

 

A Arena Suzano foi palco da cerimônia de abertura da 7ª Olimpíada Regional das Apaes, realizada na noite desta quarta-feira (17/11). Pelo menos mil pessoas acompanharam o evento, que também contou com a participação do prefeito Rodrigo Ashiuchi e de autoridades da cidade e da região do Alto Tietê. As atividades esportivas seguirão até sexta-feira (19/11), envolvendo 211 atletas e 50 profissionais de 17 entidades participantes.

Cheia de emoção, a solenidade teve início às 19 horas, com a entrada das delegações das 15 cidades paulistas. Na ocasião, os participantes foram conduzidos pelos jogadores do time do Suzano Vôlei e ainda realizaram apresentações de dança, encantando a plateia presente e também as famílias que acompanharam o evento online, por meio das redes sociais da Prefeitura de Suzano.

Organizada pelo Conselho Regional das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) em parceria com a entidade suzanense e a prefeitura, a sétima edição do evento sociocultural busca promover a prática esportiva, a integração entre os alunos e dar voz e vez às entidades voltadas às pessoas com deficiência. A festividade, lançada na noite desta quarta, segue até o próximo dia 19 (sexta-feira), promovendo competições em dez modalidades, além de atividades de lazer.

Para a presidente da Apae Suzano, Aparecida Gonçalves, a realização do evento esportivo na cidade representa o apoio recebido pela filial suzanense e a valorização da causa das Apaes. “Aqui nós temos mais de 200 jovens e adultos muito felizes de estarem conosco, participando dessa Olimpíada. Os jogos já começaram hoje e se estendem pelos próximos dois dias, simbolizando a felicidade e o espírito de cada um deles. Para mim, isso não tem preço”, disse, ao ter sua mensagem reforçada pelo presidente do Conselho das Apaes e do Conselho do Alto Tietê e Litoral Norte, Odair Pereira.

A diretora da UniApaes, Cristiany de Castro, também falou sobre a importância do evento para os alunos, que podem praticar e se divertir com as atividades. “O esporte é algo que humaniza, fornece possibilidades de interação entre nossos alunos e estabelece a presença deles na sociedade. A sétima edição das Olimpíadas Regionais das Apaes constitui um ponto importante para todos os integrantes e pessoas que auxiliam nossos eventos e instituições. Obrigada pela recepção, Suzano”, agradeceu.

Representando os vereadores presentes, o presidente da Câmara de Suzano, vereador Leandro Alves de Faria, o Leandrinho, destacou a recepção da Olimpíada das Apaes, mostrando o comprometimento do município com as causas sociais, bem como a alegria do esporte. “Suzano é uma cidade que tem um compromisso com o bem-estar de todos os seus moradores e visitantes, algo que é possível ver com toda a estrutura montada para essa competição. Ressalto todo o trabalho duro que foi conduzido nas últimas semanas e agradeço aos vereadores que aqui estão para acompanhar essa bela cerimônia”, pontuou.

O deputado federal Marcio Alvino, por sua vez, destacou o trabalho executado como presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa das Apaes. “Quero parabenizar a Prefeitura de Suzano pela organização de um evento tão importante, sobretudo nesse contexto de retomada das atividades após a pandemia. A iniciativa dá voz ao movimento apaeano e à luta pela igualdade e pelos direitos das pessoas com deficiência. Reforço meu compromisso com as Apaes do Estado de São Paulo, com mais de 300 unidades atendidas e cerca de R$ 30 milhões em investimentos”, declarou.

Por fim, o prefeito Rodrigo Ashiuchi agradeceu toda a organização do evento, em nome de sua esposa, a primeira-dama Larissa Ashiuchi, salientando o significado da ação na cidade. “O dia é um marco para o esporte suzanense e para a história do município, que cada dia se empenha mais na luta pela inclusão e pela igualdade de direitos ao lado de entidades sérias como a Apae. A associação realiza um trabalho único e nos ensina sobre empatia, amor ao próximo, compromisso e dedicação. Deixo um agradecimento especial à direção da Apae de Suzano e, em nome da primeira-dama Larissa, cumprimento também todos os colaboradores da Prefeitura de Suzano que prepararam toda a estrutura do evento, desde a cerimônia de abertura até o encerramento. Tenho certeza de que serão dias que ficarão na memória da cidade e principalmente dos alunos apaeanos”, concluiu.

Primeiro dia
Na parte da manhã, as delegações chegaram ao Parque Max Feffer para realizar o cadastro, participando posteriormente do Congresso Técnico das Apaes, para definir os detalhes finais da organização do evento. Após o almoço, os presentes na Arena Suzano acompanharam uma apresentação de capoeira conduzida pelo Grupo de Capoeira Vivência. A demonstração contagiou os presentes, que se reuniram em uma roda no centro da quadra. Ao término da dança, todos aplaudiram e vibraram com os dançarinos e, pouco depois, houve o início dos primeiros eventos.

No começo da tarde, às 14 horas, as competições oficiais da Olimpíada tiveram início com as disputas de bocha adaptada. Para este evento, seis alunos de quatro Apaes diferentes foram inscritos para os jogos. A disputa envolvia jogar uma bola o mais perto possível da linha limite da quadra ou do quadrado central sem ultrapassá-los.

O formato escolhido pelo Congresso Técnico foi o modelo de todos contra todos, com três jogadores da Apae de Suzano, um da filial de Mogi das Cruzes, um de Caraguatatuba e outro de Arujá. Os inscritos jogaram entre si na primeira hora da tarde e, neste modelo, cada suzanense fez uma partida inicial contra membros das outras entidades participantes, cruzando posteriormente em novas rodadas.

Ao final das partidas, a Apae Suzano apresentou o melhor desempenho no esporte, obtendo as melhores pontuações em todos os jogos programados com os alunos Leandro Ângelo, Henrique Bueno e Taís Alves, que jogaram em suas cadeiras de rodas, assim como os representantes das cidades competidoras.

A partir das 16 horas, foram realizadas as provas de natação, com os estilos individuais. Esta modalidade contou com a participação total de oito equipes, cada uma com número ilimitado de nadadores inscritos para as provas, nos estilos de nado livre, costas e peito, cada uma com variante de 25 e 50 metros e de classe masculina e feminina. Dos mais de 200 alunos, 22 realizaram seus cadastros para as disputas em diversas categorias.

Nesta parte da tarde, a Piscina Municipal do Parque Max Ferrer recebeu 16 provas no total. Todas elas, cronometradas e registradas pelo conselho da instituição, foram acompanhadas de muita torcida por parte das delegações, que incentivaram os alunos nas águas. Entre os vários destaques estão os alunos Sthela de Matos, Gabriel de Souza e Wesley Gonçalves, todos da Apae Mogi das Cruzes. Sthela conseguiu os melhores tempos em quatro provas diferentes, enquanto Gabriel e Wesley tiveram as melhores cronometragens em três disputas cada.

Nesta quinta (18/11), o Estádio Francisco Marques Figueira, o Suzanão, e o Parque Max Feffer recebem o segundo dia de competições. Pela manhã, as provas de atletismo serão realizadas na pista do estádio suzanense e de tarde, o parque municipal recebe os torneios de futsal, voleibol e basquetebol. Na parte da noite, a Arena Suzano será a casa dos torneios de tênis de mesa.

Crédito das fotos: Irineu Junior/Secop Suzano

Deixe uma resposta