Profissionais da Educação e da Assistência Social terão dose de reforço nesta sexta

0
91

Vacinação especial contra o novo coronavírus exclusiva para este público será realizada na Arena Suzano, das 9 às 16 horas

 

A Secretaria de Saúde de Suzano anunciou nesta terça-feira (23/11) uma operação especial para a oferta da aplicação da dose de reforço do imunizante contra o novo coronavírus (Covid-19) para profissionais da Educação e da Assistência Social que já concluíram o esquema vacinal há pelo menos 150 dias. O atendimento será realizado na próxima sexta-feira (26/11), das 9 às 16 horas, na Arena Suzano, localizada nas dependências do Parque Municipal Max Feffer (avenida Senador Roberto Simonsen, 90 – Jardim Imperador).

 

De acordo com a pasta, o acolhimento será exclusivo para o público mencionado, mas o serviço prestado nas unidades de saúde segue normalmente para as demais pessoas. Para receber a dose de reforço na Arena Suzano, o profissional da Educação ou da Assistência Social deve apresentar o cartão de vacinação preenchido com as duas doses conforme aprazamento de cinco meses ou mais desde a última aplicação, documento original com foto e comprovante de vínculo empregatício na área de atuação.

 

Segundo o secretário Pedro Ishi, a iniciativa tem o objetivo de garantir mais fluidez ao atendimento deste público específico, evitando filas e aglomerações nos postos. “Avaliamos a demanda do grupo, com base nas operações de primeira e segunda doses, e decidimos por mais uma vez adotar a Arena Suzano como polo central para este acolhimento. O ginásio tem espaço amplo e assim não comprometemos o atendimento da nossa Atenção Básica nos postos, que segue com as salas de vacinação abertas para os demais públicos da primeira, segunda e terceira doses”, explicou.

 

É importante lembrar que os profissionais da Educação e da Assistência Social que moram em Suzano e que receberam a primeira e a segunda aplicações em outra cidade poderão ser atendidos com a vacina de reforço mediante a apresentação do comprovante de residência.

 

A campanha de imunização contra a Covid-19 segue contemplando com a primeira dose todos os suzanenses maiores de 12 anos, com a segunda conforme aprazamento e com o reforço as pessoas imunossuprimidas, profissionais da saúde atuantes e idosos maiores de 60 anos imunizadas totalmente há seis meses ou mais.  

 

Até o momento, o município contabiliza 242.383 pessoas vacinadas com pelo menos uma dose. Destas, 7.553 tomaram o imunizante em dose única e 189.582 já completaram o esquema vacinal em duas etapas. Além disso, 17.314 suzanenses já foram contemplados com a aplicação de reforço.           

 

Requisitos

Para receber a primeira dose basta apresentar RG, CPF, comprovante de endereço de Suzano e a filipeta oficial devidamente preenchida com letra legível. A ficha pode ser acessada e impressa no link bit.ly/FichaCovidSuzano. O pré-cadastro no site “Vacina Já” (www.vacinaja.sp.gov.br), do governo do Estado, também é necessário.

 

No caso dos jovens menores de idade, o atendimento exige ainda a apresentação de um Termo de Assentimento Livre e Esclarecido que pode ser acessado em www.suzano.sp.gov.br. O documento é dispensável aos adolescentes que estiverem acompanhados pelo responsável legal.

 

A segunda dose é aplicada de acordo com o aprazamento estabelecido no cartão de vacinação. São exigidos CPF, documento original com foto e o cartão de vacinação. Vale reforçar que, atualmente, o intervalo entre as aplicações da vacina CoronaVac é de quatro semanas; da AstraZeneca/Oxford é de oito semanas; e da Pfizer é de três semanas para maiores de 18 anos e de oito semanas para jovens entre 12 e 17 anos.

 

Já a dose de reforço é recomendada para pessoas imunossuprimidas, profissionais da saúde atuantes e idosos maiores de 60 anos que receberam a segunda dose há seis meses ou mais. O cidadão deve comparecer ao posto mais próximo com o cartão de vacinação e um documento original com foto. No caso das pessoas imunossuprimidas, ainda é necessário ter relatório médico ou receita de uso contínuo, assim como os profissionais de saúde devem apresentar comprovante de vínculo empregatício em equipamentos da área.

 

 

Créditos das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano

 

Deixe uma resposta