Segundo EDP, entre setembro e novembro, 33% dos clientes do Alto Tietê atingiram meta parcial para receber bônus na conta de Luz

1
189

Em vigor há três meses, programa do Governo Federal proporciona desconto a clientes que conseguirem reduzir o consumo de energia elétrica

São Paulo, XX de dezembro de 2021 – No Alto Tietê, 33% dos clientes elegíveis ao Programa de Incentivo à Redução Voluntária do Consumo de Energia Elétrica, conseguiram atingir a meta parcial de diminuição mensal mínima de 10% do seu gasto de energia no período. Caso mantenham a redução, esses consumidores receberão bônus na conta de luz a partir de janeiro de 2022. O levantamento é da EDP, distribuidora de energia elétrica da região.

Em vigor há três meses, o programa foi estabelecido pelo Ministério de Minas e Energia (MME) e Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), e é válido para o consumo residencial, industrial, comercial, rural e serviços e outras atividades. A iniciativa, que abrange todo o território nacional, proporcionará descontos na conta no valor de R$ 0,50 para cada kWh economizado, no período de quatro meses (setembro a dezembro). O abatimento será concedido a quem poupar no mínimo 10% e no máximo 20% em relação ao mesmo intervalo de meses do ano de 2020. O desconto correspondente será lançado nas faturas de energia elétrica a partir de janeiro de 2022.

Se, por exemplo, uma família consumiu 200 kWh em setembro de 2020, 180 kWh em outubro, 190 kWh em novembro e 200 kWh em dezembro de 2020, seu consumo médio de referência proporcionalizado em relação aos dias de leitura foi de 191 kWh. Desta forma, essa família precisa reduzir seu consumo mensal em no mínimo 10% para participar do programa de bônus, o que equivaleria a um consumo médio mensal em torno de 172 kWh. Neste caso, o bônus creditado ao fim do Programa seria de R$ 39,18. Considerando o limite máximo permitido para recebimento de bônus, que é 20%, essa família poderia ter um crédito de até R$ 77,64.

Vale destacar que, para os clientes elegíveis, a EDP informa a meta de economia de cada unidade consumidora e a redução de consumo alcançada em relação ao mesmo período do ano anterior na fatura de energia elétrica. Com isso, é possível acompanhar a evolução do consumo e readequar hábitos familiares de maneira a fazer jus ao bônus.

“Apesar das chuvas ocorridas nos últimos meses e de uma leve melhora nos níveis dos reservatórios brasileiros, o momento de escassez hídrica nos desafia a usar a eletricidade de forma cada vez mais consciente. O sistema de bônus é uma forma de reconhecer o esforço da população em contribuir para a mitigação dos impactos da falta de chuvas, ajudando o País a superar esse momento”, afirma Vilmar Abreu, gestor de Excelência ao Cliente da EDP.

Para mais informações sobre o Programa de Incentivo à Redução Voluntária do Consumo de Energia Elétrica e dicas de uso eficiente da energia, acesse:  www.edp.com.br/seliganoconsumo

Mais dicas de uso responsável da energia para clientes residenciais

  • Ventile e ilumine naturalmente todos os ambientes da residência

  • Troque as lâmpadas antigas por LED, que duram mais e gastam menos energia.

  • Evite pintar as paredes internas da residência com cores escuras, que exigem iluminação mais potente.

  • Nos quartos, proteja as janelas com venezianas ou persianas externas, que permitem escurecer o ambiente sem abdicar da ventilação natural.

  • Utilize sua máquina de lavar na capacidade máxima, conforme indicado pelo fabricante, evitando o desperdício de energia elétrica e água.

  • O chuveiro elétrico consome bastante energia. Tente controlar o tempo do banho – entre cinco e oito minutos, no máximo – e a pressão da água, que também não deve ser excessiva, ajudando a reduzir o desperdício.

  • Procure passar a maior quantidade possível de roupas de uma só vez. Antes de ligar o ferro, separe as roupas por tipo de tecido – alguns exigem temperatura mais alta que outros. Comece com as roupas que precisam de temperatura mais baixa.

  • A função stand by de alguns eletrônicos, como televisão, computador e videogame, também consome energia. Sempre que possível, desligue os aparelhos ou tire-os da tomada.

  • Ao comprar novos equipamentos, dê preferência aos eletrodomésticos com o selo Procel, que classifica os aparelhos de acordo com o nível de consumo. Eles são certificados pelo Inmetro e, além de consumir menos energia, contribuem com a preservação do meio-ambiente.

  • Adquira equipamentos de acordo com a característica da família, como quantidade de pessoas e hábitos de consumo.

  • Evite o faturamento pela média garantindo o acesso do leiturista ao medidor. Verifique a data prevista da próxima leitura na sua fatura de energia.

  • Em alternativa ao faturamento por média, a EDP oferece em seus canais o serviço de autoleitura, saiba mais em www.edp.com.br

Sobre a EDP no Brasil

Presente há mais de 20 anos no País, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. Com mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, a Companhia tem negócios em Geração, Transmissão, e Soluções em Serviços de Energia voltados ao mercado B2B, como geração solar, mobilidade elétrica e mercado livre de energia. Em Distribuição, atende cerca de 3,6 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. Em 2021 foi eleita pelo segundo ano consecutivo a empresa mais inovadora do setor elétrico pelo ranking Valor Inovação, do jornal Valor Econômico, e é referência em ESG, figurando há 15 anos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.

Siga a EDP em: Site | LinkedIn

  • Clique e Leia

1 COMENTÁRIO

  1. […] A EDP, distribuidora de energia elétrica da região, abre as inscrições para seu programa de estágio. A Companhia oferece oportunidades em diversas áreas de negócio e possibilita constante desenvolvimento e aprendizagem. Os interessados podem se inscrever até o dia 14 de janeiro pelo site. São vagas em Guaratinguetá (1), Taubaté (1), São José dos Campos (5), Mogi das Cruzes (1), Poá (1) e Guarulhos (1). Ao todo, o Grupo EDP no Brasil disponibiliza 55 postos nos estados de São Paulo, Espírito Santo e Ceará. […]

Deixe uma resposta