Em seu segundo mandato com vereador, Leandro Alves de Faria (PL), o Leandrinho, assumiu novamente a Presidência da Câmara de Suzano em 1 de janeiro de 2021. A primeira vez que o parlamentar comandou o Legislativo foi em 2018.

 

Neste ano no cargo, ele realizou uma gestão que deixou como marcas a economia aos cofres públicos, e apoio à luta contra o novo coronavirus.

 

Confira a entrevista:

 

O senhor assumiu novamente a Câmara de Suzano em janeiro deste ano. Como foi atuar por um ano à frente do Legislativo suzanense, durante a pandemia do novo coronavirus?

 

Eu me doei ao máximo para fazer uma boa gestão. A minha reeleição me deu mais experiência e sabedoria para comandar o Legislativo.

A pandemia do Covid-19 realmente foi um desafio, tivemos que atuar com muita precaução e, acima de tudo, não deixar de trabalhar por Suzano. Entre os projetos aprovados no período os que garantiram o remanejamento de cerca de R$ 50 milhões do Executivo, boa parte deste valor destinada à área da Saúde, para atender às necessidades causadas pelo novo coronavírus.

 

Quais os marcos da sua gestão na Presidência da Câmara?

Assim como aconteceu na primeira vez que fui presidente da Câmara, em 2018, acredito que o principal marco foi uma gestão voltada à economia aos cofres públicos. Em fevereiro, entreguei um veículo do Legislativo à Prefeitura. Atualmente, a Casa de Leis tem apenas um veículo disponível, para uso exclusivo dos setores administrativos.

 

Além disso, agora no segundo semestre, fizemos uma reestruturação administrativa e diminuímos o número de funcionários comissionados da Casa. Sobre a Transparência, um dos pilares da administração municipal, neste ano a Câmara avançou em ferramentas online para aumentar a transparência e facilitar a participação do público. Desde o início do ano, está disponível uma aplicação para participação online dos cidadãos em audiências públicas, pelo link audienciasonline.camarasuzano.sp.gov.br. Por meio dela, os cidadãos podem enviar perguntas para serem feitas durante as audiências e consultar a agenda das próximas ou o conteúdo do que já foi discutido.

 

Sobre sua atuação como vereador, o que destaca?

 

A Presidência da Câmara requer muito tempo no dia. Não é uma tarefa simples. Mesmo assim, neste ano inteiro trabalhei para honrar os mais de 5 mil votos que recebi na última eleição. Apresentei um requerimento, no primeiro semestre deste ano, para a antecipação do Programa de Recuperação Fiscal (Refis) 2021 no município devido à pandemia do novo coronavírus. Além disso, também solicitei ao Executivo a implementação de auxílio emergencial, um destinado às famílias de baixa renda e outro, aos comerciantes e prestadores de serviços da cidade.

 

Destaco ainda uma emenda parlamentar de R$ 150 mil para a aquisição de uma ambulância para a cidade, enviada pelo deputado estadual André do Prado (PL), vice-presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).

 

Em novembro, fui para Brasília para uma reunião com o deputado federal Márcio Alvino (PL) para solicitar emendas para a saúde de Suzano.

 

O senhor manteve uma posição firme de crítica em relação à Secretaria de Saúde.

 

Sim. Na verdade, exerci uma das principais responsabilidades de um vereador: fiscalizar os atos do Executivo. Infelizmente, a Secretaria de Saúde deixa muito a desejar. Diariamente recebo, em meu gabinete e nas minhas redes sociais, queixas de suzanenses sobre a saúde. Um exemplo disso foi a questão do déficit de ginecologistas para atendimento nas unidades básicas de Suzano. Temos ainda a falta de alguns medicamentos. A saúde de Suzano não está oferecendo a qualidade que nossa população merece. É meu dever trabalhar para mudar isso. 

 

  

Como o senhor avalia a relação do Legislativo com o Executivo em 2021?

 

A Câmara de Suzano tem apenas um objetivo: conquistar um futuro melhor para a nossa cidade. Sendo assim, posso falar em nome de todos os vereadores, que apoiamos todos os projetos que tiverem esse mesmo objetivo.

 

O Legislativo suzanense é um poder independente e o Executivo sabe que pode contar com nosso apoio em prol da população.

 

Quais são seus planos políticos para o futuro?

 

Eu sempre digo que o futuro a Deus pertence. Vou continuar me dedicando para Suzano todos os dias. Se a população acreditar que posso ajudar mais a nossa cidade no Executivo, estarei pronto para o desafio. Nasci em Suzano, cresci e estudei aqui. Estou pronto para me dedicar ainda mais por nossa cidade.

  • Clique e Leia

Deixe uma resposta