A formação do trio que chegou a ser apontado como melhor ataque do mundo acabou decepcionando no primeiro grande desafio do PSG na temporada. Com apenas Mbappé fazendo a diferença contra o Real Madrid, marcando duas vezes sobre o clube merengue, o time francês foi eliminado nas oitavas de final da Champions League, algo que desencadeou uma série de críticas para Neymar e Messi.

No Santiago Bernabéu, o camisa 10 deu assistência para Mbappé abrir o placar, mas foi discreto no restante da partida. Enquanto isso, o argentino, que já esteve apagado no primeiro jogo, teve uma atuação para ser esquecida, tendo em vista que não conseguiu tirar nenhuma jogada de gênio da cartola. Por conta disso, Jérôme Rothen , ex-jogador do PSG, não poupou críticas aos dois craques.

“Os responsáveis ​​por essa derrota são Neymar e Messi! Cabe a eles assumir suas responsabilidades. Quando Leonardo contratar esses caras e os coloca lá, eles são as figuras do clube. Eles são pagos por isso. Não estou atacando Verratti, Danilo, Paredes e Mbappé, o único que foi perigoso nos dois jogos. Vou atacar os outros dois, os dois mercenários. Aquele que é uma fraude desde que chegou. Tenho vergonha falar de Leo assim. Messi, mas é a realidade. Dizem que ele fez um esforço na reposição para recuperar a bola. Você está brincando comigo ou o quê? Ele deu um chute de 10 metros”, disse na emissora RMC Sport.

DECEPÇÃO COM NEYMAR

Se Messi foi detonado por conta da sua falta de brilho desde que chegou ao PSG, Neymar recebeu críticas ainda mais duras. Contratado com o peso de ser o jogador mais caro da história, o brasileiro, desde 2017, lidou com lesões e acumula uma série de frustrações na Champions League.

“O outro (falando de Neymar), perdeu todas as bolas. Digo o outro porque me incomoda muito mencionar o nome dele. Desde que ele está lá, é uma piada. São menos de 50% dos jogos no PSG. E quando ele está lá: “Vamos procurar desculpas’. Messi, pare! Neymar, pare! O problema está aí“, finalizou.

  • Clique e Leia

Deixe uma resposta