Nasi, vocalista da banda Ira, começou a puxar um coro contra o presidente Bolsonaro e a plateia não aderiu, respondendo com gritos contra o ex-presidente Lula

Nasi, o vocalista da banda Ira, tentou puxar um coro contra o presidente Bolsonaro em um show do grupo em Recife, no último sábado (2/4), porém o público reagiu em protesto contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Nasi tentou puxar um coro de “Bolsonaro, vai tomar no c*”, no entanto, a plateia não aderiu ao grito.

Em contrapartida, uma parte da plateia começou a entoar “Lula ladrão seu lugar é na prisão”. O vídeo do momento foi parar na internet.

Confira outros artistas que protestaram contra o presidente

Nos últimos meses, diversos artistas protestaram contra o presidente Jair Bolsonaro durante shows.

Gal Costa foi uma das primeiras que acompanhou o público durante show de encerramento da turnê A pele do futuro, em Belém do Pará, quando começou a gritar “Fora Bolsonaro”.

O mesmo aconteceu em um show da Ivete Sangalo em Natal, no Rio Grande do Norte. O público puxou um coro de “Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*” que foi incentivado pela artista.

Mais recente, durante o festival Lollapalooza em São Paulo, artistas como Pabllo Vittar, Emicida, Djonga, Gloria Groove e outros, criticaram o atual presidente.

O Partido Liberal (PL), ao qual o presidente Jair Bolsonaro está filiado, chegou a entrar com uma ação no TSE pedindo a proibição de manifestação política durante os shows do evento.

  • Clique e Leia

Deixe uma resposta