‘Dia D’ do último sábado (30/04) garantiu a aplicação de 7,2 mil doses das vacinas contra Influenza, sarampo e Covid-19

 

A campanha de vacinação contra o vírus Influenza, causador da gripe, chegou à marca de 23.340 pessoas atendidas em Suzano, conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde. O trabalho foi fortalecido durante o “Dia D”, que envolveu os 24 postos da cidade no último sábado (30/04). A mobilização especial resultou em 7.258 doses aplicadas, entre vacinas contra a gripe, sarampo e o novo coronavírus (Covid-19). A imunização segue nas unidades da rede básica, de segunda a sexta-feira, das 8 às 15 horas.

 

De acordo com o levantamento da pasta, até o momento, a vacinação contra a Influenza neste ano já alcançou 19.332 idosos e 2.376 trabalhadores da saúde, que configuram o público-alvo da primeira etapa da campanha, iniciada há um mês. Durante o “Dia D”, a dose também chegou para gestantes, puérperas e crianças com idade entre seis meses e menores de cinco anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias), que fazem parte da segunda etapa de atendimento. Entre as grávidas, 146 foram vacinadas. Outras 14 puérperas também já receberam o imunizante, assim como 2.519 crianças.

 

Ainda durante o último sábado, as equipes de vacinação aplicaram 2.282 doses contra o sarampo e 2.010 contra a Covid-19, totalizando 7.258 atendimentos nas 24 unidades de saúde de Suzano. “Alcançamos parte da demanda de usuários que não têm disponibilidade durante a semana. Por isso o ‘Dia D’ é tão importante. Precisamos garantir a essas pessoas a oportunidade de acesso aos imunizantes, especialmente à vacina da gripe, que é a principal campanha vigente no momento. Aproveitamos a oportunidade para também fortalecer o atendimento em doses contra a Covid-19 e ao sarampo, tendo as crianças como público-alvo principal”, secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi.

 

O chefe da pasta ainda reforçou que as salas de vacinação seguem em operação em todos os postos, acolhendo o público-alvo à livre demanda, de segunda a sexta-feira, das 8 às 15 horas. Basta apresentar documento pessoal, comprovante de residência de Suzano e caderneta de vacinação.

 

Ainda neste mês a campanha tem prosseguimento com outros grupos, de maneira acumulativa. A partir de 9 de maio, também serão contemplados indígenas, professores, pessoas com deficiência e público com comorbidades. Por fim, a partir de 16 de maio, serão incluídos caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, portuários, agentes de forças de segurança, militares das forças armadas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e adolescentes sob medida socioeducativa.

 

 

Crédito das fotos: Glaucia Paulino/Secop Suzano

  • Clique e Leia

Deixe uma resposta