O presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, anunciou nesta terça-feira, 22, que a sigla ingressou com um pedido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para verificação extraordinária do resultado do segundo turno das eleições de 2022. Segundo o mandatário, a representação é baseado numa auditoria realizada pela empresa especializada Instituto Voto Legal. No estudo, foram constatadas evidências contundentes de mal funcionamento das urnas através de eventos registrados nos arquivos Logs. Em sua fala, Valdemar disse que o pedido busca proporcionar mais segurança do pleito e transparência ao aparelho. “É o resultado de estudos elaborados por especialistas graduados, em uma das universidades mais respeitadas do mundo. No nosso entendimento, deve ser analisado pelos especialistas do TSE, de forma que seja assegurada e resguardada a integridade do processo eleitoral, com um único intuito: fortalecer a democracia para fortalecer o Brasil”.

Deixe uma resposta