Estudos foram realizados no Núcleo de Pesquisa em Doenças Negligenciadas (NPDN)
Estudantes do curso de Biomedicina da Universidade Guarulhos (UNG) se destacaram no 22° Congresso Nacional de Iniciação Científica (Conic), realizado pelo Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp). O evento, que ocorreu entre os dias 08 e 11 de novembro de forma on-line, tem como objetivo identificar talentos e estimular a produção de conteúdo científico.
Na categoria “Trabalhos Concluídos” da área de Ciências Biológicas e Saúde, o aluno Gabriel Luiz da Silva ficou em 2° lugar ao apresentar o artigo que dispõe sobre “Uso do verme Angiostrongylus cantonensis como modelo para o desenvolvimento de fármacos”. A estudante Bruna Lemes também foi a 2ª colocada, porém na categoria “Trabalhos em Andamento”, com a pesquisa “Planejamento racional de fármacos para o tratamento da esquistossomose”. Os estudos foram realizados no Núcleo de Pesquisa em Doenças Negligenciadas (NPDN), sob orientação do professor e doutor em Ciências da Saúde, Josué de Moraes, um dos cientistas mais influentes do mundo pelo terceiro ano consecutivo.
Bruna não esconde o entusiasmo e afirma que o congresso trouxe muito aprendizado. “Quando você faz um trabalho, espera que ele seja valorizado, mas quando é reconhecido em um evento como esse você se sente prestigiada e sabe que está no caminho certo da profissão. É uma alegria imensa e, sem dúvidas, toda a experiência servirá de portfólio para o meu crescimento profissional”, comemora a aluna do 8º semestre.
O professor Josué parabeniza os alunos e destaca a importância de congressos acadêmicos para aprimoramento e troca de experiências. “O Conic é o maior evento nacional voltado para estudantes e professores da graduação do Ensino Superior. A premiação demonstra a qualidade de nossas pesquisas e o compromisso da Instituição com a formação”, afirma.
Durante os quatro dias do evento, foram apresentados mais de 1.300 trabalhos nas diferentes áreas do conhecimento. O Conic-Semesp apoia o desenvolvimento intelectual contínuo dos alunos, incentiva a pesquisa, a arte e a cultura e busca facilitar o contato com o que há de mais novo no mercado.

Deixe uma resposta