Sessões são gratuitas para toda a população e para este mês conta com um documentário e uma produção brasileira, além dos filmes ‘Red: Crescer é uma Fera’ e ‘Rocketman’

A Secretaria de Cultura de Suzano definiu a nova programação de filmes para este mês que serão exibidos no Cineteatro Wilma Bentivegna. As sessões do novo cronograma começam nesta quarta-feira (07/12) e são gratuitas, para toda a população. O Cineteatro está localizado na rua Paraná, 70, no centro da cidade.

A nova programação tem início com um prato cheio para uma jornada ao autoconhecimento e diversão. A primeira exibição ocorre a partir das 19 horas com o documentário “Eu me chamo Darwin”. A obra, de 11 minutos, tem o objetivo de trazer reflexão aos espectadores em como os pequenos gestos da vida podem estar carregados de sentidos e intenções, que podem ser até mesmo ocultas

Logo na sequência, às 19h15, será a vez do filme “Selvagem”. Uma produção brasileira que conta a história dos personagens Sofia, que vive as emoções de realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pela primeira vez, e Ciro, um jovem que dedica seu tempo à poesia.

As apresentações ainda acontecem em duas sessões na semana seguinte. Na quarta-feira que vem (14/12), às 14 horas, será exibido a comédia infantil  “Red: Crescer é uma Fera”. A segunda sessão ocorre às 19 horas, com a apresentação da cinebiografia “Rocketman”, a atração descreve a história do pianista e compositor britânico Elton John e recebeu o Oscar de melhor canção original por “I’m Love Me Again”.

As exibições dos filmes nesta semana acontecem em parceria com o Pontos MIS, um programa de formação e difusão cultural em todo o Estado de São Paulo. Os municípios parceiros recebem programação de sessões de cinema, oficinas, palestras, exposições e formação em gestão cultural, visando a formação de novos públicos para a cultura e cinema.

De acordo com o secretário municipal de Cultura, o vice-prefeito Walmir Pinto, a exibição de documentários levam os munícipes a refletir sobre questões de grande valor. “O documentário permite ao espectador desenvolver um aprendizado por meio do lúdico, além de absorver conhecimento de maneira dinâmica, graças aos recursos audiovisuais. Isso permite que os cidadãos desenvolvam uma facilidade de assimilação e compreensão do conteúdo passado”, comentou.

Ainda segundo o chefe da pasta, as crianças que forem assistir aos filmes, além de participar de uma atividade de reflexão também podem se divertir. “A programação de dezembro conta com alguns filmes infantis, com o objetivo de trazer as crianças da cidade ao Cineteatro. Além de refletir sobre os temas abordados nas obras, os jovens podem ter um momento de lazer e diversão”, finalizou o secretário e vice-prefeito.

Crédito das fotos: Mauricio Sordilli/Secop Suzano

Deixe uma resposta