Comando-geral destacou no evento a importância do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) para o Alto Tietê

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, participou nesta segunda-feira (22/05) da cerimônia de aniversário do Comando de Policiamento de Área Metropolitana (CPA/M-12), que completa 17 anos de atuação no Alto Tietê. A solenidade, sediada no Club Med Lake Paradise, em Mogi das Cruzes, reuniu autoridades civis e militares, contando com a presença do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Cássio Araújo de Freitas, que reforçou a importância de um Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) para a região.

Em sua fala, o chefe do Executivo suzanense enalteceu o trabalho do CPA/M-12 e a trajetória do coronel Wagner Giurni, que foi comandante de área e agora compõe a galeria de ex-comandantes. “Gostaria de agradecer o trabalho da equipe junto à região, que hoje são quase 1.250 policiais com essa árdua missão de cuidar da população. Fico muito feliz em participar desse momento, que também marca uma justa homenagem ao coronel Wagner Giurni”, disse ele, ao reforçar seus cumprimentos ao homenageado na ocasião. “O coronel Giurni deixou mais que um retrato, deixou amigos, parcerias e uma relação de profissionalismo e amizade com Suzano e todo o Alto Tietê”, afirmou Ashiuchi.

O prefeito também destacou a importância do comando atualmente liderado pelo coronel Rodrigo Quintino. “Em nome do coronel Quintino, parabenizo o CPA/M-12 e todos os seus homens e mulheres que fazem a diferença. Que Deus siga abençoando essa trajetória de sucesso, juntamente com o comando-geral da Polícia Militar, liderado pelo grande coronel Cássio Araújo de Freitas, e com o comandante de Policiamento Metropolitano (CPM), coronel Victor Alessandro Ferreira Fedrizzi”, frisou.

Na oportunidade, o coronel Cássio Araújo de Freitas pontuou a relevância do CPA/M-12 para o Estado de São Paulo e destacou a importância de um Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) para o Alto Tietê. “Um dos nossos objetivos é fazer com que o CPA/M-12 tenha um Baep. Além de ser um sonho, um desejo, é uma exigência técnica que todas as grandes regiões tenham. Temos Baeps importantes, em atividade recente, como o 15° Baep, por exemplo. Pela pesquisa que fizemos, ainda sob a liderança do Coronel Prado no CPA/M-12, o Baep vai ajudar muito os cidadãos, sendo quase 2 milhões de pessoas nessa região”, disse, ao reforçar que o primeiro passo seria a criação de uma Companhia de Ações Especiais de Polícia (Caep). “Essa é a gênese para o início do trabalho”, pontuou.   

O evento também foi acompanhado pelo chefe de gabinete do Comando-Geral, coronel José Raposo de Faria Neto; pelos comandantes do 17° Batalhão da Polícia Militar Metropolitano (17º BPM/M), do 32º BPM/M e do 35° BPM/M, os tenentes-coronéis Manoel Ferreira Neto, Joel Chen e Alexandre Vasconcelos, respectivamente; pela prefeita de Ferraz de Vasconcelos, Priscila Gambale; pelo secretário interino de Segurança Cidadã de Suzano, Afrânio Evaristo da Silva; pelo juiz da Justiça Militar de São Paulo, Ronaldo João Roth; pelo delegado de Polícia Civil, Eliardo Jordão; e pelo chefe da perícia criminal, Denilson Oswaldo de Souza.

Ainda compareceram o secretário de Segurança de Poá, Marcos Antônio Xavier; o presidente da Câmara de Itaquaquecetuba, vereador David Ribeiro da Silva; o presidente do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) do Boa Vista, em Suzano, Roberto Kobayashi; a presidente da Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC), Fádua Sleiman; o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Mogi das Cruzes e Região (Sincomércio), Valterli Martinez; a capelã Vanderlucia Oliveira, da Capelania PMs de Cristo; e o empresário Hissao Horii.

Crédito das fotos: Mauricio Sordilli/Secop Suzano

Deixe uma resposta