ARUJÁ É CAMPEÃ EM DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NO ALTO TIETÊ

0

Arujá ocupa a 1ª colocação no Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades (IDSC) – Brasil na Região do Alto Tietê. O desempenho consta de levantamento do Instituto Cidades Sustentáveis. O IDSC leva em conta o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Os objetivos preconizados pela ONU abrangem diversas áreas vitais para a estrutura de uma cidade e Arujá conta com três desses indicadores, no mais alto patamar: Água Potável e Saneamento, Energias Renováveis e Acessíveis e Ação Climática. O Município está no caminho certo da sustentabilidade. As boas notícias foram divulgadas durante audiência pública da Lei Orçamentária Anual (LOA), realizada na quinta-feira (10).

Considerando os 5.568 municípios do Brasil, Arujá desponta entre os melhores, com a 206ª posição. A performance mostra o compromisso da atual gestão com a Agenda da ONU 2030. Uma série de iniciativas da administração municipal consolida os esforços para resgatar, de fato, o título de “Cidade Natureza” que define Arujá.

Destacam-se iniciativas como a Loja Vale Reciclar, que arrecadou 39 toneladas de materiais recicláveis, em 12 meses; o Ponto de Entrega Voluntária (PEV) no Parque Rodrigo Barreto, que recebeu 21,5 toneladas de resíduos da construção civil em pouco mais de 30 dias de operação; a estruturação da Secretaria de Meio Ambiente; e a promoção do turismo ecológico, associados à recente inauguração do primeiro parque municipal ecológico da Cidade, o Parque dos Ipês Alcy Machado Godoy.

Também há um potente trabalho feito com as crianças que são conscientizadas sobre o descarte correto de lixo e a preservação ambiental, nas escolas e em atividades extracurriculares. Os fatos refletem diretamente na colocação alcançada por Arujá no ranking nacional de desenvolvimento sustentável.

source
Com informações da Suzano TV

Anúncios

Deixe uma resposta