GCM localiza 170 porções de drogas no Jardim Revista e no centro

0
28

Casos foram atendidos no último dia 2 (sexta-feira) pela Ronda Ostensiva Municipal e pela Ronda Ostensiva com Motocicleta 

Equipes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano atuaram em duas ocorrências na última sexta-feira (02/02) que resultaram na localização de 170 porções de entorpecentes. Os casos foram atendidos pela Ronda Ostensiva Municipal (Romu) e pela Ronda Ostensiva com Motocicleta (Romo).

A primeira ação teve início por volta das 16 horas, durante patrulhamento na rua Cumbica, no bairro Jardim Revista, quando os agentes da Romo avistaram um indivíduo que, diante da presença da viatura, fugiu e jogou uma sacola no telhado de uma residência. Na análise do material, foram encontradas 126 porções de cocaína, 27 de maconha, nove de crack e três de haxixe, que é uma droga semelhante à maconha, totalizando 165 unidades de entorpecentes, que foram apresentadas no 2º Distrito Policial do Boa Vista.

Mais tarde, por volta das 23 horas, desta vez na área central de Suzano, agentes da Romu se depararam com um motociclista conduzindo uma Honda CB, de cor preta, com a placa de identificação coberta por uma tela. Apesar dos sinais de parada emitidos, o condutor se recusou a estacionar o veículo, praticando direção perigosa e trafegando na contramão. Após um breve acompanhamento, os agentes alcançaram o motociclista após ele sofrer uma queda pela rua General Francisco Glicério. Ao ser questionado, o condutor confessou ter adquirido entorpecentes e coberto a placa da moto. Com o suspeito foram encontrados cinco frascos de lança-perfume. O caso foi encaminhado à Delegacia Central de Polícia.

O secretário municipal de Segurança Cidadã, Afrânio Evaristo da Silva, ressalta que a retirada de entorpecentes das ruas reflete o comprometimento da GCM em diminuir cada vez mais o comércio desses materiais. “O esforço é contínuo para uma cidade mais segura e por isso a determinação ao combate à venda de drogas, independentemente da quantidade apreendida, a prioridade é o recolhimento do material e sempre que possível a prisão dos suspeitos”, afirmou o chefe da pasta.

Crédito da foto: Divulgação/Secop Suzano

Obrigado por comentar. Você é demaisS2