Alunos da Rede Municipal de So Vicente tm primeiro dia de atendimento oftalmolgico e culos gratuitos

 

Centenas de crianças que estudam na rede municipal iniciaram na tarde desta segunda-feira (8) exames oftalmológicos, com direito a receberem gratuitamente óculos, se detectada a necessidade. A ação, que segue na terça-feira (9), é fruto da parceria entre a Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), e a ong Renovatio, viabilizada pelo deputado estadual Caio França, que apoia a iniciativa. As consultas acontecem na Unidade Educacional Caic Ayrton Senna e estendem-se às demais escolas do bairro Humaitá. 

 

O coordenador de Assuntos Sociais da organização não governamental, Arthur Ozelame, detalha que o atendimento é completo, para crianças de 1º a 6º ano. “É muito mais que entregar os óculos: fazemos uma triagem, selecionamos os que precisam, encaminhamos para os médicos oftalmologistas para exames de fundo de olho e de refração. Os alunos que precisam da prescrição escolhem as armações e a entrega acontece em 30 dias”. Quando necessário, a criança é encaminhada para um especialista do município para exames complementares. 

“Sabemos o quanto a saúde visual da criança é fundamental e temos um cenário em que toda parceria é muito bem-vinda”, apontou a secretária da Educação, Nivea Marsili.

 

O deputado Caio França acompanhou o primeiro dia da ação. “São exames para detectar glaucoma, astigmatismo, miopia e hipermetropia, e que nem sempre as famílias têm acesso. Fico bastante feliz em juntar essas pontas”, destacou o parlamentar, ressaltando a seriedade da ONG Renovatio, que é um braço  social do Hospital Suel Abujamra, principal referência em São Paulo em cirurgias oftalmológicas.

Diretora da UE Luiz Pinho, Simone Souza classificou a ação como “Uma oportunidade incrível e que ajuda muito em sala de aula. Muitas vezes, a alfabetização fica comprometida, pensa-se em mil situações, e o problema está na visão”. 

 

Já a diretora do Caic, Edilma Estevam, lembra que “A escola tem crianças carentes que não teriam possibilidade de detectar tão cedo qualquer problema oftalmológico e essa é uma oportunidade de fundamental importância”.

 

Théo Soares (9 anos) estuda no 4º ano e passou pelo exame. “Acho legal. Nunca precisei de óculos, mas se tiver que usar para enxergar melhor, eu uso”.  Maria Luisa Dantas, 10 anos, conta que precisa se aproximar da lousa para ver o que está escrito. “Quando fico lá no fundo da classe, eu não enxergo quase nada”, disse a aluna, que antes mesmo do exame já estava na expectativa. 

“É uma ação muito importante não apenas para a saúde das nossas crianças, mas, também, para a educação. Sabemos que muitos alunos podem ter algum problema de visão que compromete a aprendizagem e esse é mais um cuidado para que todos se desenvolvam plenamente. Essa parceria foi possível graças ao apoio do deputado estadual Caio França, que se sensibilizou com o assunto e viabilizou a ação. Só tenho que agradecer por mais esse trabalho em conjunto”, afirma o prefeito de São Vicente, Kayo Amado.

 

Texto – Renato Pirauá

Fotos – Tadeu Filho

source
Com informações da Prefeitura de São Vicente

Anúncios

Deixe uma resposta