Especial Espaço Cultural: Biblioteca Pública Municipal Profª Maria Bertha César

Um refúgio de conhecimento e cultura em Moreira César


Nesta segunda edição da série de matérias especiais que têm como objetivo evidenciar os espaços culturais de nossa Pindamonhangaba, temos como objeto central a Biblioteca Pública Municipal Profª Maria Bertha César, localizada no coração de Moreira César, que é um verdadeiro oásis de conhecimento e cultura para a comunidade local. Mais do que emprestar livros, a biblioteca se destaca como um centro de inclusão social, promoção da leitura e desenvolvimento cultural.


Localizada na rua Dr Gonzaga, 136, com um acervo de quase 14 mil exemplares, a biblioteca, que foi inaugurada em 31 de julho de 1994, oferece uma ampla variedade de materiais para todos os gostos e idades. Obras didáticas, literatura infantil, infantojuvenil e adulta, obras técnicas, revistas, gibis e jornais compõem o acervo, que está em constante atualização.


A biblioteca também está comprometida com a inclusão e acessibilidade. A entrada possui rampa, o banheiro é adaptado e os espaços entre as prateleiras são acessíveis para pessoas com deficiência. Além disso, a biblioteca oferece diversos serviços para atender às necessidades de seus usuários, como empréstimo de até 5 exemplares, com possibilidade de renovação presencialmente, por telefone, WhatsApp e e-mail; espaço para leitura e pesquisa; espaço para promoção de eventos, que integram a comunidade e incentivam a leitura, a cultura e a cidadania.


Contação de histórias, oficinas de literatura e artes, palestras, cursos e apresentações musicais são apenas algumas das atividades que atraem pessoas de todas as idades. Toda a agenda com a publicação dessas atividade é constatemente divulgada nas redes sociais da prefeitura.


“Temos aqui um verdadeiro espaço formador de cidadãos críticos e reflexivos, capazes de formar opiniões baseadas em fatos, com argumentos concretos. Não importa a idade, quem frequenta essa biblioteca sempre se transforma”, afirmou a responsável pelas bibliotecas públicas municipais, Rosi Cardoso.


As bibliotecas públicas municipais fazem parte da Secretaria de Cultura e Turismo. A rede municipal de Bibliotecas Públicas é composta por 5 bibliotecas ativas, essa de Moreira César, uma no centro, uma na Vila São Benedito, uma na Estação Cidadania, no Vale das Acácias, e a recentemente inaugurada no Castolira, além da que será inaugurada no Araretama. Esta rede possui mais de 26.000 usuários cadastrados.


A diretora de Cultura, Rebeca Guaragna, ressaltou que “para o futuro, como vivemos um período de revolução do desenvolvimento de tecnologias de comunicação e informação, buscaremos trazer aos nossos usuários a possibilidade da inserção nestas novas tecnologias, reduzindo desigualdades sociais de acesso à informação, fomentar cidadania, promover inclusão social e digital”, disse a diretora.


“Ontem, dia 10 de abril, inauguramos a biblioteca do bairro Castolira, reforçando o compromisso da gestão com a cultura e a educação de toda a cidade. Nossas bibliotecas não só proporcionam à comunidade acesso a materiais de leitura, mas também servem como centros de interação social, estimulando o aprendizado contínuo e fortalecendo os laços comunitários”, destacou o secretário de Cultura e Turismo, Alcemir Palma.


Segundo o Conselho Regional de Biblioteconomia, a rede de bibliotecas municipais de Pindamonhangaba está entre as 14 melhores do Estado de São Paulo.

Conheça a Patrona da Biblioteca:

Maria Bertha César dedicou sua vida à educação e ao desenvolvimento cultural de Moreira César. Ela nasceu em Pindamonhangaba (SP), em 21 de fevereiro de 1912, filha do Capitão e Jomalista Virgilio Varela Homem de Mello e Alzira Marcondes Salgado. Fez seus primeiros estudos no tradicional “Grupo Escolar Dr. Alfredo Pujol’ e, após o período de quatro anos, continuou aprimorando seus conhecimentos com a grande mestra, Dona Alzira Pestana Franco e Dr. Edésio Pestana Franco, que veio a se aposentar como Desembargador de Justiça.
Ingressou em seguida na Escola Normal Livre Municipal de Pindamonhangaba, formando-se professora no ano de 1930, na primeira turma.
Em 1931 foi nomeada substituta efetiva para o mesmo Grupo Escolar Dr. Alfredo Pujol, onde iniciara seus estudos. Em 1932 foi nomeada substituta (de março à maio) na Escola Normal Livre Municipal de Pindamonhangaba na disciplina Ginástica, hoje Educação Física.
Neste mesmo ano de 1932, dia 28 de abril, foi nomeada professora efetiva da Escola Mista Rural do Barranco Alto, em Moreira César, tendo tomado posse no dia 13 de maio. Referida escola, pelo Decreto n° 6.402 de 18/04/34 passou a denominar-se Escola Mista da Estação de Moreira César.
Por portaria do Secretário da Educação, em 06/04/43 foi autorizada a assinar Maria Bertha César.
Ainda em Moreira César, foi também professora durante vários anos, do Curso de Alfabetização de Adultos, mais tarde transformado em Mobral. Substituiu ainda o professor Francisco de Assis César,
na Escola Masculina Municipal “Professor Pedro Silva”. Pelo Decreto de 15/12/54, foi criado o Grupo Escolar da Estação de Moreira César com anexação das escolas estadual e municipal, já existentes e a criação de duas outras classes. Para a criação do Grupo Escolar, que era anseio da população de Moreira César, realizou importante e exaustivo trabalho de levantamento, por todo o bairro e áreas vizinhas, recolhendo dados sobre crianças e respectivas faixas etárias, o que possibilitou a concretização do antigo sonho, com a criação do Grupo Escolar que depois passou a denominar-se Deputado Claro César e passou a funcionar a partir de 1955.







source
Com informações da Prefeitura de Pindamonhangaba

Anúncios

Deixe uma resposta